Puerto Lopez – Avistando baleias no Equador

Sempre quis avistar baleias, mas não tinha dinheiro para ir muito longe? O Equador pode ser uma opção fácil, perto e barata. Veja como é!

Referência (agosto/2016)
1 dólar = 3,20 reais

Avistar baleias já era um sonho antigo meu. Uma vez fui a trabalho até Boston, nos Estados Unidos, mas não tive condições de pagar os tours caríssimos de lá. Outra vez fui até a Península Valdés, na Argentina, mas não tive sorte: elas não apareceram.

E agora, viajando pelo Equador e sem muita pretensão, eis que nos deparamos com elas! Já estamos há quase 1 ano na estrada, e podemos dizer que essa foi uma das experiências mais marcantes até agora.

Baleia com a cauda para fora da água em Puerto Lopez, Equador
Baleia com a cauda para fora da água em Puerto Lopez, Equador

Como ver as baleias?

Os tours para ver as baleias costumam sair de Puerto Lopez, sendo que um ou outro pode partir também de Puerto Cayo.

Nós fomos por Puerto Lopez, por estar perto de Montañita, a belíssima praia onde decidimos tirar uns dias de férias.

Os tours partem todos os dias, pela manhã e pela tarde.

Baleia em Puerto Lopez, Equador
Baleia com as nadadeiras para fora d’água

Quando ir?

A melhor época para ver as baleias é fins de junho a setembro, sendo o ápice em agosto (justamente quando estávamos aqui!), pois é época de reprodução e acasalamento.

Quem leva?

Nós partimos de Montañita com a agência Millon Service (https://www.facebook.com/MillonService/), a mais barata que encontramos e que tinha boas referências. O tour foi excelente, eles possuem barco próprio (não são daquelas que te encaixam onde tem lugar), guias experientes e por isso podemos recomendar sem medo.

Barco da Millon que usamos para fazer o passeio
Barco da Millon que usamos para fazer o passeio

Quanto custa?

O tour, incluindo translado de ida e volta de Montañita até Puerto Lopez, passeio de barco até a zona das baleias, mergulho com snorkel perto da ilha Salango, avistamento de pássaros da região, guia e um lanche custa 26 dólares. Partem às 9h da manhã (às 10h se contratar diretamente em Puerto Lopez) e voltam pouco depois do almoço.

Ocasionalmente podem sair tours na parte da tarde, das 13h às 18h (que foi o que contratamos).

O tour

Pegamos a van em Montañita às 13h, e pouco antes das 14h estávamos chegando em Puerto Lopez. Dali já fomos para o porto pegar nossa embarcação, compartilhada com mais 16 pessoas. Tivemos sorte de pegar um dia lindo! Ainda vimos uma tartaruga nadando perto do cais.

Tartaruga que avistamos no cais de Puerto Lopez
Tartaruga que avistamos no cais de Puerto Lopez

O barco seguiu até a região das baleias a uma velocidade relativamente rápida, e algumas pessoas chegaram a ficar enjoadas. Se você enjoa facilmente, pode considerar tomar um remédio para enjoo antes de embarcar.

Depois de cerca de 40 minutos, já começamos a avistar as primeiras baleias. Nesta hora, era possível subir no teto do barco (4 pessoas por vez) ou na parte da frente (2 pessoas por vez). Nós fomos na frente e, como aparentemente as outras pessoas tinham medo de ir lá e preferiam subir no teto, acabamos fazendo todo o passeio com esta vista privilegiada!

Nós dois (ou melhor, nós três!) na frente do barco, com uma vista privilegiada para as baleias!
Nós dois (ou melhor, nós três!) na frente do barco, com uma vista privilegiada para as baleias!

Primeiramente vimos uma baleia solitária, balançando a cauda para fora d’água. Apesar da distância (cerca de 100 metros) a imensidão daquele animal já era assustadora. Só fiquei triste de não ter uma câmera com zoom maior!

Seguimos um pouco mais e vimos mais duas; logo adiante, outras três. Bastava procurar algum movimento estranho na água que logo ela surgia.

Imensa cauda da baleia para fora d'água
Imensa cauda da baleia para fora d’água
As costas de duas baleias em processo de acasalamento.
As costas de duas baleias em processo de acasalamento.

Devemos ter visto umas 8 baleias no total. Não tivemos a sorte de ver nenhuma saltando para fora d’água, mas tudo bem: estar pertinho delas já valeu o passeio.

De lá, seguimos para uma perto de uma pequena ilha, onde aproveitamos para fazer snorkel e comer um lanche. A água era um pouco fria, mas isso não desanimou ninguém – até a Michele, que é friorenta e não sabe nadar, encarou mergulhar com snorkel, colete salva-vidas e uma boia! 😀

O mergulho foi legal, e vimos vários peixes e pequenos corais. Não tivemos sorte de ver tartarugas por aqui.

Coral se formando em uma boia, e alguns peixes ao seu redor.
Coral se formando em uma boia, e alguns peixes ao seu redor.
Com boia, colete salva-vidas, snorkel e um guia, a Michele encarou o mergulho
Com boia, colete salva-vidas, snorkel e um guia, a Michele encarou o mergulho

De lá, fizemos uma pequena parada ao lado de uma pedra para observar os “piqueros de patas azules”, uma ave comum na região e que chama a atenção por ter os pés e os bicos azulados. Se você tiver condições, leve binóculos para observá-los melhor.

Voltamos para Puerto Lopez por volta das 17h30min, pegamos a van e chegamos em Montañita pouco depois das 18h.

Piqueros de Patas Azules formando seus ninhos nas pedras
Piqueros de Patas Azules formando seus ninhos nas pedras

E aí, animado para incluir este destino nas suas próximas férias?

Não deixe de ler todas as nossas dicas sobre Montañita aqui.

Para mais dicas de viagens e acompanhar nossa viagem pelo mundo, curtam nossa página no face:

www.facebook.com/mundosemfimoficial

4 comentários sobre “Puerto Lopez – Avistando baleias no Equador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *