Visitando o Território de Zaguates – o lar de 700 cachorros de rua na Costa Rica

Para quem, assim como nós, é apaixonado por cachorros, não pode deixar de visitar esta fazenda na Costa Rica. Com entrada gratuita, você poderá brincar com cerca de 700 cachorros que estão esperando seu novo lar!

Câmbio oficial (abril/2017)
1 real = 180 colones
1 dólar = 560 colones

Território de Zaguates, Costa Rica
Mucuvinha no Território de Zaguates

Na Costa Rica, “Zaguates” é o nome que se dá aos cachorros vira-latas. E, ainda que muitos caminhem pelas ruas do país, centenas deles encontraram um lar nas montanhas próximas a San José.

Essa história começou há mais de 10 anos, com a adoção de um único cachorro, chamado Scott. A partir dele, o casal Lya e Álvaro pegaram gosto pela coisa, e começaram a resgatar cada vez mais. Dois meses depois, 180 cachorros já habitavam seu quintal. Os vizinhos, claro, reclamaram.

Para poder seguir cuidando de seus fiéis companheiros, eles acabaram adquirindo uma fazenda nas montanhas da região de Heredía, vizinha à capital do país.

E aí o negócio não parou mais: resgatando cada vez mais cachorros (sejam das ruas, sejam dos maus-tratos de seus donos), o albergue já chegou a ter mais de 900 caninos. Na data da nossa visita, tinham exatamente 693. Promovendo sempre a adoção, este número varia todos os dias, mas Álvaro o sabe de cabeça.

Território de Zaguates, Costa Rica
Território de Zaguates

Os cachorros

Na fazenda se encontram cachorros de todos os tipos, tamanhos, raças e idades. Alguns são fortes e esbeltos, enquanto outros ainda estão em fase de recuperação. Muitos deles já estão velhos, cegos ou com dificuldades de locomoção, e não teriam nenhuma chance de sobrevivência se não fosse este lar.

O que mais nos chamou a atenção é que todos tem um nome, e respondem quando são chamados. Um cachorro novo que chega não é simplesmente “um cachorro a mais”, mas sim um novo membro da família.

E, apesar das dificuldades óbvias, é nítido que todos estão felizes. O carinho que recebem é evidente com a festa que fazem quando Álvaro aparece.

Como sobrevivem

O Território de Zaguates vive basicamente de doação e do dinheiro de seus donos. Segundo nos disseram, os gastos chegam perto dos 20 mil dólares ao mês, sendo metade disso custeado por um grande patrocinador. O restante vem da ajuda das pessoas que simpatizam com o projeto e com as pequenas doações deixadas pelos visitantes.

Valor

A visita é gratuita. Interessante fazer uma doação voluntária para ajudar a manter o lugar, mas não é obrigatório.

Michele com os "zaguates"
Michele com os “zaguates”

Visitando o Território de Zaguates

A fazenda costuma abrir suas portas nos finais de semana, quando centenas de turistas vão se divertir com os inúmeros cachorros. Para saber quando haverá visitação, consulte a página deles:

https://www.facebook.com/territoriodezaguates/

Ou contate Álvaro pelo whatsapp: +506 8815 2514

Nos dias de visita, são disponibilizados transportes coletivos a partir da cidade de Alajuela, próxima a San José. O valor deste transporte (ida e volta) é de 3 mil colones (algo como 16 reais).

Para quem está em San José, o ônibus até Alajuela custa 520 colones.

As vans saem de frente do centro comercial às 8h, e em uns 20 minutos chegam às portas da fazenda. Ali já haverá uma fila de carros particulares e inúmeros cachorros. Quando Álvaro aparece para abrir os portões começa a festa: todos começam a pular e a correr ao seu redor.

Território de Zaguates, Costa Rica
Os cachorros adoram receber carinho dos visitantes.

Dentro da fazenda, são dadas algumas recomendações básicas, e então começamos o recorrido, junto com os cachorros e alguns monitores. Damos uma volta por todo o território (que, além dos animais, oferece vistas espetaculares) e brincamos com muitos cachorros.

O passeio todo dura cerca de 4 horas. No final, é opcional fazer alguma doação voluntária (não se preocupe, você não é coagido a doar nem nada) e comprar alguns produtos para ajudar o projeto.

É isso pessoal! Espero que tenham gostado da história deste lugar. Se amam cachorros, não deixe de fazer uma visita!

E, para mais dicas de lugares bacanas e acompanhar nossa viagem pelo mundo, curtam nossa página no face:
www.facebook.com/mundosemfimoficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *