Conheça o impressionante cemitério de Chauchilla, em Nazca – Peru

Quem pensa que em Nazca há apenas as famosas linhas no deserto para se ver, está muito enganado: conheça este cemitério, com múmias em suas tumbas originas, sem gastar quase nada. Se você sonhava em ser Indiana Jones quando era criança, não pode perder esta visita!

Referência (junho 2016)

1 real = 0,88 soles
1 dólar = 3,30 soles

 

Cemitério de Chauchilla, em Nazca
Estas pequenas “barraquinhas” são, na verdade, as tumbas do Cemitério de Chauchilla

A apenas 30km de Nasca, em pleno deserto, estão as covas abertas de um antigo cemitério de mais de 2 mil anos. Alguns pesquisadores atribuem este cemitério à cultura Huari, e outros à Nasca. Seja lá qual for, é impressionante!

O cemitério é composto por algumas tumbas abertas, e é um dos poucos lugares no mundo onde é possível ver múmias onde foram originalmente enterradas.

Mucuvinha e as múmias de Chauchilla
Mucuvinha em frente à tumba de uma múmia

Todas as múmias estão em posição fetal, pois estas civilizações acreditavam que as pessoas deveriam ir para o mundo dos mortos na mesma posição que vieram a este.

O estado de conservação das múmias é impressionante, e algumas mantém seus cabelos e até pedaços de pele. Atribui-se ao clima seco do deserto a conservação dos corpos por tantos anos.

Múmia destroçada com alguns pertences no cemitério de Chauchilla, Nasca, Peru
Múmia destroçada com alguns pertences no cemitério de Chauchilla, Nasca, Peru

A mumificação

O processo de mumificação era simples: os tendões eram cortados para que os membros pudessem ser manipulados. Os órgãos internos eram retirados e a pele secada com sal. O corpo era envolto com tecido de algodão, e era enterrado em posição fetal junto com algumas joias e utensílios pessoais.

Múmias dispostas em seus túmulos no cemitério de Chauchilla
Múmias dispostas em seus túmulos no cemitério de Chauchilla

Como chegar ao Cemitério de Chauchilla

O método mais simples (e caro) de chegar é contratando uma excursão. O preço fica em torno de 40 a 50 soles por pessoa, sem incluir a entrada.

Cemitério de Chauchilla
Se for por conta própria, fique atento a este prédio azul: o cemitério fica lá

Uma solução um pouco mais barata (se estiver em várias pessoas) é fechar um táxi: vão cobrar em torno de 70 soles para levar a trazer o grupo.

Se quiser economizar ao máximo (como nós), basta pegar um coletivo até a pequena cidade de Chauchilla. A partir de lá, da frente da praça, parte um caminho até o cemitério. A caminhada é de aproximadamente 20 minutos, por caminhos que não são bem marcados. Pergunte para o pessoal de lá certinho qual caminho seguir.

Caminho para o Cemitério de Chauchilla
Começo do caminho para o cemitério de Chauchilla. Precisa dobrar a primeira à esquerda, depois à direita e seguir sempre reto

Se for por conta própria, vai gastar 5 soles o trecho (no nosso caso, só tinha um lugar no carro; a Michele foi no meu colo e nos cobraram 4 de cada um). Para voltar, conseguimos carona grátis sem nenhuma dificuldade.

Os coletivos saem da rua Callao, número 1000, a 1 quadra da Plaza de Armas.

Se estiver em seu veículo próprio, basta seguir a estrada que vai para Arequipa e ficar atento à sua esquerda.

Os táxis coletivos de Nasca para Chauchilla partem daqui
Os táxis coletivos de Nasca para Chauchilla partem daqui

Preço

Além do preço do transporte, é preciso pagar 8 soles de entrada. Porém, aparentemente, o pessoal só está preocupado em cobrar quem vai de excursão. Como fomos por conta própria, acabamos chegando em um horário que não havia ninguém para cobrar (ainda que o cemitério estivesse no horário de funcionamento).

No fim das contas, como ainda voltamos de carona, gastamos apenas 4 soles cada um para conhecer este lugar.

Cova de uma criança enterrada em Chauchilla
Cova de uma criança enterrada em Chauchilla
Osso largado no deserto de Nazca
Antes mesmo de chegar ao cemitério já é possível ver restos mortais espalhados pelo deserto.

Dicas

  • Seja lá como for, leve protetor solar e bastante água.
  • Se for em coletivo, procure não sair muito tarde. É que o fluxo de carros é pequeno, e talvez você tenha que esperar até 1h o coletivo passar novamente.
  • Os coletivos são táxis pequenos, e é comum que passem lotados por Chauchilla. É que eles fazem o trecho desde Nasca até uma cidade que está depois de Chauchilla, e costumam encher lá. .Na hora de ir embora, se vir um coletivo passando no sentido contrário, pode pará-lo também, e seguir com ele até a cidade seguinte antes de voltar para Nasca.
Três múmias dispostas em uma tumba do cemitério de Chauchilla
Três múmias dispostas em uma tumba do cemitério de Chauchilla

Querem conhecer mais o deserto de Nasca? Confira os passeios pela cidade:

Para acompanhar nossa viagem de volta ao mundo, curtam nossa página no face:
www.facebook.com/mundosemfimoficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *