Visitando o Parque Dos Ojos e seus cenotes, na Riviera Maia

De todas as belezas naturais que já vimos no México até agora, os cenotes de Dos Ojos estão em primeiro lugar. Se estiver visitando Playa del Carmen, Cancún ou Tulum, não deixe de dar um pulo por aqui!

Câmbio oficial (ago/2017)
1 real = 5,73 pesos mexicanos
1 dólar = 17,85 pesos mexicanos

Cenote Dos Ojos, México
Nadando com snorkel no cenote Dos Ojos

Os cenotes (do maia, “buracos com água”) são conexões entre a água subterrânea e a superfície. A água neste lugar vem filtrada pelo solo e é extremamente limpa e cristalina.

Para os maias, estes eram lugares sagrados e formavam um portal com o “inframundo”. Muitos pesquisadores encontraram ossadas em seus interiores, provavelmente resultados de sacrifícios humanos.

Hoje, os cenotes são um dos principais destinos turísticos da península de Yucatán, no México. E não é para menos: fazia tempo que não víamos paisagens tão espetaculares assim!

Uma das prováveis explicações para o surgimento deste fenômeno na região (estima-se que existam mais de 1000 cenotes) foi o impacto do meteoro que selou o fim dos dinossauros.

E estes cenotes são diversão garantida para todos: não importa se é uma criança buscando um lugar para brincar, um adulto buscando uma piscina para se refrescar ou um mergulhador profissional querendo se aventurar por suas inúmeras cavernas sub-aquáticas!

Os cenotes Dos Ojos são provavelmente os mais famosos da região, mas o parque ainda conta com mais algumas joias pouco visitadas. Nós visitamos três, e aqui contamos como foi!

Cenote Nicte Ha, México
Cenote Nicte Ha

Como chegar

O Parque Dos Ojos (www.parquedosojos.com) está localizado na estrada entre Playa del Carmen e Tulum. Uma van de Playa para lá custa 45 pesos mexicanos (de Tulum deve sair um pouco mais barato).

Se você tiver condições, o ideal é alugar um carro, pois os cenotes são razoavelmente distantes um do outro. Se não, pode fazer como nós fizemos: ir caminhando mesmo (ocasionalmente as pessoas te oferecerão caronas pelo caminho). Fique atento na paisagem, pois a chance de ver iguanas e esquilos é bem grande!

Na entrada do parque também há pessoas oferecendo opções de transporte.

Preços

Estes são os valores das entradas para cada um dos cenotes:

  • Dos Ojos: 350 pesos (inclui os dois cenotes);
  • Mistério Maia: 200 pesos;
  • Jaguar + Tirolesa: 250 pesos;
  • Nicte Ha: 100 pesos.

Incluem colete salva-vidas.

Cenote Jaguar, México
Tirolesa no cenote Jaguar

Se você tiver máscara e snorkel, é bom levar. Em alguns cenotes é possível alugar, mas não em todos.

Na entrada do parque estavam fazendo uma promoção: 3 cenotes por 600 pesos, e incluía o transporte. Talvez seja a melhor opção!

Existe a possibilidade de fazer mergulho profissional em alguns destes cenotes. É preciso ter certificação em mergulho em cavernas. Não chegamos a ver o preço deste tipo de tour.

Estrutura

Dentro do parque há algumas opções de restaurante e mercados. Importante levar bastante água.

Em todos os cenotes há lockers para deixar a mochila – geralmente alugados por 50 pesos.

Estalactites no cenote Dos Ojos
Estalactites no cenote Dos Ojos

Os cenotes

Nós chegamos um pouco tarde (depois do meio-dia), e como estávamos a pé só conseguimos visitar os três primeiros cenotes. Aqui contamos como foi cada um deles:

  • Jaguar

Este é o primeiro cenote do percurso, e está a cerca de 1 quilômetro (15 minutos de caminhada) a partir da entrada do parque.

Provavelmente é o cenote menos visitado: quando fomos havia somente nós, um casal de gringos e uma família de mexicanos. Sua água não é tão cristalina quanto os demais, mas é mais quente e oferece duas plataformas para saltar (uma de 3 e uma de 5 metros), além de uma tirolesa (a entrada te dá direito a fazê-la duas vezes).

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Nicte Ha

É difícil acreditar que este seja o cenote mais barato de todos: suas águas são incrivelmente cristalinas, que permitem ver todas as folhas no fundo do mar. Também tem uma pequena caverna onde você pode nadar e uma plataforma para saltar. Imperdível.

Este cenote é mais cheio e a água é um pouco mais fria que a do Jaguar, mas nada que te impeça de curti-lo ao máximo.

Para chegar ao Nicte Ha há que caminhar cerca de 1,5km além do Jaguar (ou uns 25 minutos).

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Dos Ojos

Os Dos Ojos são a grande atração do parque. São dois cenotes de água azul cristalina, localizados dentro de cavernas. O primeiro dos Dos Ojos é pequeno, enquanto que o segundo é gigante. São os mais cheios de todos, mas não cheios o suficiente para incomodar.

Se você tiver uma lanterna a prova d’água, vale a pena trazer para visitar as cavernas mais escuras, mas se não dá pra curtir a parte que entra luz do sol mesmo.

Aqui é possível contratar um tour de snorkel guiado por 250 pesos (inclui todos os equipamentos).

Os Dos Ojos estão a cerca de 1 km depois do Nicte Ha, ou pouco menos de 3 quilômetros a partir da entrada do parque.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Mistério Maia

Acabamos não visitando porque não deu tempo (está a cerca de 3km depois do Dos Ojos), mas conversamos com várias pessoas que o consideram o mais bonito de todos. Pelo que vimos, também está localizado dentro de uma caverna, e seus grandes atrativos são as estalactites e os morcegos em seu interior (que não fazem nada, não se preocupe).

 

É isso aí pessoal! Curtiram a dica? Não deixem de visitar estes lugares quando estiverem de férias pelo México!

Leiam também nosso post completo sobre Playa del Carmen:

Se quiserem saber mais sobre o México, leiam nosso post completo sobre o país aqui:

Para acompanhar nossa viagem de volta ao mundo, curta nossa página no face:
www.facebook.com/mundosemfimoficial

Salvar

Salvar

Salvar

4 comentários sobre “Visitando o Parque Dos Ojos e seus cenotes, na Riviera Maia

  1. Tô AMANDO esses buracos com água! Que delícia descobrir lugares novos através dos olhos de vcs!

    Até então nunca tinha ouvido falar dos Cenotes, que vergonha!

    Aproveitem muito para refrescar o calor.

    Beijos cheios de carinho!

  2. Pessoal, adorei o relato de vocês. Um dos mais completos que li. Vou na próxima semana com um casal de amigos fotografar o casamento deles em Cancun e queríamos fazer umas imagens em algum cenote. Vocês sabem em dizer se na hora que foram havia luz entrando nas cavernas? De todos que visitaram qual recomendariam mais na relação beleza / número de turistas? (como vou fotografar tenho que levar essas coisas em consideração).

    1. Obrigado Olga! 🙂
      Olha só, o primeiro cenote do parque (o Jaguar) praticamente não é visitado por ninguém. Mas não é nem de longe o mais bonito.
      O Nicte Ha é muito bonito, mas lotado de turistas. Acho que você consegue umas fotos bonitas por ali se tiver paciência (procurando um canto mais vazio, escondendo as pessoas atrás de alguma pedra ou dos noivos, etc).
      Nestes dois cenotes você deve ter luz boa em praticamente qualquer horário, já que eles são abertos.

      Nos cenotes Dos Ojos (que são duas cavernas) nós fomos de tarde, entre às 15h e 17h, e a luz estava boa dentro das cavernas. Não sei se só bate de tarde ou se é sempre assim.
      Este cenote também é cheio, mas como a caverna é grande, dá para encontrar um canto vazio sem problemas. Tem um lugar onde a água é bem rasa (ou seja, ruim para nadar) mas que ela fica bem azul. Quase ninguém vai ali porque todos querem mais é nadar mesmo. Ali conseguimos umas fotos muito boas e sem ninguém.

      Em Playa del Carmen tem o cenote Chaak Tun que é vazio e muito bonito. Mas ele é num esquema mais de aventura, com guia e tudo mais. Eles geralmente não deixam entrar com câmera profissional porque alguns trechos são dentro da água (ou seja, só GoPro e similares), mas nós pedimos e eles nos deixaram ir com a nossa câmera em alguns lugares de fácil acesso. Poderiam conversar com eles antes e explicar que querem tirar fotos para casamento. Acho que não teriam problemas quanto a isso. Os noivos até poderiam até entrar na água e você ficaria do lado de fora fotografando.

      Este é o cenote Chaak Tun:
      http://mundosemfim.com/conheca-chaak-tun-o-espetacular-cenote-de-playa-del-carmen/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *