Visitando as ruínas de Chan Chan, em Trujillo, Peru

Chan Chan foi uma grande cidade de barro, capital do reinado dos Chimu, e hoje é considerado um dos mais preciosos sítios arqueológicos do mundo. Venha conhecer mais um Patrimônio da UNESCO com a gente!

Referência (julho/2016)
1 real = 1 sol
1 dólar = 3,30 soles

Paredes de Chan Chan
Desenho de peixes nas paredes de Nik An

História

A cultura de Chimu dominou grande parte do litoral norte do Peru, durante os séculos X e XV, e foi uma das civilizações mais poderosas da América do Sul. O fim de deste império se deu com a invasão dos Incas à região.

Os Chimus são, por muitos historiadores, considerados os melhores arquitetos do Antigo Peru, e prova disso está na belíssima cidade de Chan Chan, a antiga capital de seu império.

Estendendo-se por aproximadamente 15km² e com aproximadamente 50 mil habitantes, Chan Chan foi totalmente construída em barro, e atualmente parte da sua área coincide com a nova cidade de Trujillo. Muitas escavações estão sendo feitas na área, mas os principais templos já podem ser visitados.

O estado de preservação deste lugar é impressionante, grande parte ao fato de quase não chover na região. Não é à toa que Chan Chan significa Sol Sol.

Ruínas do templo de Nik An, em Chan Chan
Ruínas do templo de Nik An, em Chan Chan

Como chegar a Chan Chan?

Para visitar Chan Chan, o ideal é partir da cidade de Trujillo, no Peru.

O sítio arqueológico de Chan Chan está dividido em 4 partes, que são: os templos Nik An, Esmeralda, del Dragon (ou Arco-Íris) e o museu de sítio.

É possível contratar uma excursão ou um táxi que leva a todos eles, mas sai muito mais barato visitá-los em ônibus convencional.

Mucuvinha nas ruínas de Chan Chan
Mucuvinha nas ruínas de Chan Chan

Para seguir até o Nik An, o principal templo, basta pegar na Av. España um ônibus para Huanchaco, e pedir para descer em Chan Chan. A partir daí, precisa caminhar 2 km até o sítio arqueológico.

Desde Nik An, é possível caminhar meia hora até o museu pela Av. Mansiche.

A partir do museu, pegue qualquer ônibus que volte para Trujillo, e peça para descer na igreja Mansiche. O templo Esmeralda está a unas 4 quadras para trás da igreja.

A partir daí, é possível voltar caminhando ao centro de Trujillo, ou pegar qualquer ônibus que vá para o centro.

O Dragón fica um pouco fora de mão; para ir até lá, pegue um ônibus na Av. España que vá para o distrito La Esperanza.

Mapa dos lugares de interesse de Chan Chan
Mapa dos lugares de interesse de Chan Chan

Os custos

E entrada para o sítio arqueológico é de 10 soles, e dá direito aos 4 lugares. As entradas valem para 2 dias, caso não dê tempo de ver tudo no mesmo dia.

Um táxi para fazer todo o circuito não deve custar mais que 60 soles.

Os ônibus custam entre 1 e 1,50 soles o trecho.

As excursões saem a partir de 30 soles por pessoa, e incluem guia.

Se for por conta própria, é opcional contratar um guia em Nik An – custam 40 soles, independente do tamanho do grupo.

Cemitério em Nik An
Cemitério em Nik An

Os lugares

  • Nik An

Nik An é um complexo templo cerimonial, com um cemitério anexado ao fundo. Os desenhos dos peixes em suas paredes fazem lembrar de como o mar e a pesca eram importantes para esta civilização.

Não é necessário um guia para percorrê-lo, mas procure seguir as setas indicativas do caminho. Elas garantem que você percorrerá todos os pontos do complexo. Se tentar seguir um caminho diferente, é capaz de acabar perdendo algum canto do lugar.

O recorrido por Nik An demora aproximadamente 1h, seguindo tranquilamente e tirando várias fotos.

Um dos portais de Nik An, Chan Chan
Um dos portais de Nik An, Chan Chan
  • Museu de Sítio

O museu é pequeno, mas bastante interessante para conhecer melhor a história dos Chimus. Possui algumas esculturas, várias peças em cerâmica e exemplo de como eram os barcos usados por esta sociedade. Vale a visita.

Algumas peças em barro e argila do Museu de Sítio Chan Chan
Algumas peças em barro e argila do Museu de Sítio Chan Chan
  • Templo Esmeralda

Bastante pequeno e rápido de recorrer. O legal daqui é que você pode subir e caminhar por quase todos os lados do templo.

Pouco visitado por turistas, é um ótimo lugar para aproveitar seu tempo da maneira que achar melhor.

Caminhando pelo Templo Esmeralda, em Chan Chan
Caminhando pelo Templo Esmeralda, em Chan Chan
  • Huaca del Dragón

É um outro templo, construído no formato de uma pequena pirâmide. Chamam a atenção os desenhos em suas paredes, que têm a forma de dragões (daí seu nome), e sobre eles a representação de um arco-íris.

Desenhos de dragões e Arco-íris. Créditos: wikipedia
Desenhos de dragões e Arco-íris. Créditos: wikipedia

 

É isso pessoal! Gostaram da dica do lugar?

Não deixe de ler nosso post completo sobre Trujillo aqui.

Para acompanhar nossa viagem de volta ao mundo, curtam nossa página no face:

www.facebook.com/mundosemfimoficial

5 comentários sobre “Visitando as ruínas de Chan Chan, em Trujillo, Peru

  1. Olá Renan
    Viagem maravilhosa que vocês estão fazendo! Obrigada pelas dicas sobre Trujillo e sobre as informações históricas. Continuem aproveitando a viagem com muita saúde e diversão! Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *