Vale do arco-íris – um passeio encantador e pouco conhecido no Atacama

Ainda pouco popular entre os viajantes que passeiam por San Pedro de Atacama, o Valle del Arcoíris encanta pela sua beleza e pela tranquilidade que reina no local. Venha conhecê-lo com a gente!

Referência (abril/2016)
1 real =185 pesos chilenos


Como chegar

O Valle del Arcoíris (ou Vale do Arco-íris) está localizado a pouco menos de 1h de carro de San Pedro de Atacama. Para chegar lá, é preciso pegar a estrada sentido Calama e depois a entrada para Rio Grande. A estrada que leva é parte asfaltada e parte de terra. Ainda que um 4×4 não seja obrigatório, quem vai com veículos baixos pode sofrer um pouco no caminho.

Valle del Arcoíris, Atacama
O caminho até chegar ao Valle del Arcoíris

Você pode chegar ao vale com seu veículo próprio ou através de uma excursão contratada em San Pedro de Atacama. O ideal é combinar o passeio do Vale do Arco-íris com o Yerbas Buenas, que são vizinhos. Antes de contratar o passeio, certifique-se que a agência leva aos dois lugares.

Nós fomos com a Ayllu Atacama, empresa especializada em receber brasileiros, e o passeio foi excelente.

Entrada para o Vale do arco-íris
Detalhe de um rio seco no vale do arco-íris

Entrada

Milagrosamente, ainda não estão cobrando a entrada para o Valle do Arco-íris.

Mucuvinha no Vale do Arco-íris, no Atacama
Mucuvinha apreciando o Vale do Arco-íris

Um pouco sobre o lugar

O Valle do Arco-íris tem este nome devido às múltiplas cores de seus cerros, causada pela grande quantidade de minerais do local. O cenário da região nos faz lembrar de filmes sobre Marte (até nos perguntamos se alguns deles não foram filmados aqui).

O Valle del Arcoíris, no Atacama, parece Marte
Os cenários do Atacama não lembram Marte?

Por estar em uma altitude não muito elevada (3600 metros) comparada com outros passeios, este pode ser uma boa alternativa para os primeiros dias, quando você ainda está se aclimatando com a região.

Os minerais são responsáveis pelas cores do Vale do Arco-Íris
Os distintos minerais dão uma coloração especial aos cerros da região.

A temperatura no vale é um pouco mais fria que a de San Pedro, portanto convém levar um casaco (principalmente se for ficar por lá depois do sol se por).

Vale do arco-íris
A lua enquadrada pelas pedras do Vale do Arco-íris.

O tour

Saímos da sede da Ayllu às 16h em uma van com mais 3 pessoas (todos brasileiros). Nosso guia, Dani, era chileno mas falava bem português e entendia muito da região, o que foi fundamental para conhecermos um pouco melhor da história do Atacama.

No caminho, paramos em um mirador para ver parte do Valle de la Luna e as cordilheiras dos Andes e do Sal.

Cordilheiras de Sal e dos Andes no Atacama
Um guanaco solitário caminha pela imensidão do deserto, tendo como plano de fundo as cordilheiras de Sal e dos Andes.

Chegamos no Valle del Arcoíris por volta das 17h e aprendemos um pouco sobre a geografia do local. Depois, descemos da van e seguimos caminhando por dentro do vale, por trás de uma montanha que parece um dinossauro.

Vale do arco-íris, Atacama
Para nós, estas formações parecem um dinossauro deitado. E para você?

Caminhamos tranquilamente por meia-hora, tirando fotos e apreciando a beleza do local.

Vale do arco-íris
Nossa pequena caminhada pelo Vale do Arco-íris

Depois da pequena trilha, encontramos novamente Dani com a van e seguimos para o Yerbas Buenas, onde aprendemos muito sobre a história do povo que vivia ali, antes de seguirmos em busca dos famosos hieróglifos da região.

Para conhecer melhor esta parte do passeio, leia nosso post sobre o Yerbas Buenas:

http://mundosemfim.com/yerbas-buenas-um-passeio-arqueologico-no-atacama/

Depois da divertida busca por hieróglifos e de tentar identificá-los, comemos um lanche de despedida, e voltamos para San Pedro pouco antes das 21h.

Lanche no vale do arco-íris
Um pequeno lanche de despedida deste lugar incrível!

E aí, curtiram o vale? Não deixem de visitar este lindo lugar, e aproveitem enquanto ainda não é tão explorado pelo turismo! 🙂
Não deixem de conferir tudo sobre San Pedro aqui!

Para mais dicas sobre lugares legais para visitar e para acompanhar nossa viagem de volta ao mundo, curta nossa página no face! 🙂

www.facebook.com/mundosemfimoficial

2 comentários sobre “Vale do arco-íris – um passeio encantador e pouco conhecido no Atacama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *