Roteiros pelo Peru e Bolívia – sugestões para curtir ao máximo a terra dos Incas!

Quer ver as ruínas mais impressionantes, conhecer muita história e de quebra passar por paisagens fantásticas? Preparamos alguns roteiros bacanas para vocês!

Muita gente tem vontade de conhecer o Peru e a Bolívia, mas tem dificuldades em montar um roteiro incluindo os destinos mais legais sem gastar muito dinheiro com passagens de avião.

Aqui damos algumas sugestões para vocês aproveitarem estes países ao máximo sem gastar muito!

*Todos os gastos são estimados, considerando que você vai buscar restaurantes e hospedagens econômicos, viajar de ônibus e fazer os principais passeios. Se pegar caronas, acampar e comer no mercado, é possível gastar bem menos. Se buscar ônibus mais luxuosos, hotéis melhores e comer em restaurantes chiques, os gastos serão maiores.

Clássico – Machu Picchu e Bolívia voltando de ônibus para o Brasil

Duração: cerca de 20 dias

Gastos: a partir de 2 mil reais (sem contar passagens aéreas)

Roteiro Peru - Bolívia
Roteiro de mochilão de Cusco ao Brasil por terra

Este é um dos roteiros clássicos e mais econômicos para quem quer conhecer Machu Picchu, e de quebra ainda visitar outras paisagens impressionantes e vivenciar a linda cultura andina na Bolívia.

Comece seu recorrido por Cusco, a antiga capital do Império Inca. Para chegar até aqui, pegue um voo direto ou um voo para Rio Branco (Acre), e de lá um ônibus (na faixa de uns 200 reais) – o que for mais econômico.

Pode dedicar tranquilamente 1 semana para ficar em Cusco. Além de Machu Picchu (leia aqui as maneiras econômicas de como chegar lá), toda esta região possui muitos passeios bacanas: o vale sagrado, o city tour, os Morays e Salineras de Mara, o Cerro Colorado, etc.

Depois de desvendar as belezas da capital inca, desça de ônibus até Puno, onde você poderá ter uma bela experiência pelas ilhas do Titicaca peruano.

De Puno, pegue um ônibus até Copacabana, e conheça a Ilha do Sol, no lado boliviano do Titicaca.

De lá, siga até La Paz, a capital com maior riqueza cultural que já conhecemos até hoje. Esta bela cidade merece pelo menos 3 dias. Se gosta de aventura, não deixe de fazer o tour em bicicleta pela Estrada da Morte.

De La Paz, vá até Potosí, a cidade que já foi a mais rica do mundo, atual Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Talvez a cidade em si não te chame tanto a atenção, mas uma visita ao museu Casa de la Moneda vai ser uma das experiências mais enriquecedoras da sua vida. Se não sofrer com claustrofobia, pode fazer também ou tour pelas Minas de Potosí e conhecer melhor a dura realidade dos mineradores.

Se estiver viajando pela região em maio, não perca o Festival do Tinku!

Caso esteja com tempo e dinheiro sobrando, pode dar um pulo em Uyuni e fazer um passeio de 1 ou 4 dias pelo Salar do Uyuni. Neste caso espere acrescentar uns 600 reais a mais de gasto no seu orçamento.

De Potosí siga para Sucre, a outra capital boliviana (a oficial, segundo a Constituição). Aproveite uns 2 ou 3 dias para conhecer esta bela cidade colonial branca e comprar alguns artesanatos baratos na feira indígena de Tarabuco, antes de pegar seu ônibus até a moderna Santa Cruz de la Sierra.

De Santa Cruz, pegue o lendário Trem da Morte, ou um ônibus até a fronteira com o Brasil.

Já no quintal de casa, siga até Campo Grande, de onde poderá pegar um voo de volta para a sua cidade.

De capital a capital: um roteiro de Lima a La Paz

Duração: de 20 a 30 dias

Gastos: em torno de 2500 reais (sem contar passagens aéreas)

Roteiro Peru - Bolívia
De Lima a La Paz

Este roteiro pode ser bem interessante para economizar com passagens aéreas, pois geralmente os voos para as capitais são diretos e mais econômicos. Faça o orçamento de uma passagem de ida para Lima e de regresso por La Paz (ou ao contrário) e pé na estrada!

Comece sua viagem por Lima, a bela capital peruana tombada como Patrimônio da UNESCO. Em uns 3 ou 4 dias é possível apreciar seus principais atrativos e ainda visitar as ruínas de Pachacamac.

De lá, pegue um ônibus direto até Ica, faça um tour de buggie pelas dunas e conheça o belíssimo oásis de Huacachina. Se tiver tempo e dinheiro, pode fazer uma excursão até Paracas e ver um pouco de fauna e flora.

De Ica seu próximo destino será Nazca, onde você poderá visitar as enigmáticas linhas, ver algumas pirâmides no deserto e visitar o cemitério de múmias de chauchilla. Se tiver grana, pegue um voo (na faixa de 100 dólares) para apreciar os desenhos no deserto. Se não, vá de ônibus mesmo e veja dois deles de um mirador (leia aqui as dicas de como fazer desta forma).

De Nazca siga de ônibus até Cusco, onde poderá dedicar tranquilamente 1 semana do seu tempo. Além de ver a belíssima Machu Picchu, ainda conhecerá tudo sobre a história dos incas e da invasão espanhola, seja através dos museus ou dos passeios guiados. Não deixe de fazer o City Tour, o Vale Sagrado, as Salineras de Mara, os Morays e o Cerro Colorado!

De Cusco poderá seguir direto para Puno, ou dar um pulo em Arequipa, uma bela cidade colonial com o impressionante Cânion de Colca nas redondezas.

Uma vez em Puno, não deixe de fazer o tour de barco pelas ilhas do Titicaca. Se possível faça o tour que dorme uma noite em alguma ilha.

De Puno, cruze a fronteira e vá até Copacabana, a cidade boliviana do Titicaca. Aqui não deixe de conhecer a Isla del Sol.

Finalmente siga até La Paz. Tente dedicar pelo menos uns 3 dias para esta bela cidade, antes de retornar para casa!

Peru – Selva, montanha e muitas ruínas

Duração: de 20 a 30 dias

Gastos: Entre 2500 e 5 mil reais, dependendo da quantidade de passeios (sem contar as passagens de avião).

Roteiro de mochilão pelo Peru
Roteiro pelo Peru – indo além de Machu Picchu

Roteiro ideal para quem já conhece Machu Picchu e quer ver as outras belezas do Peru. Aqui você vai conhecer muitas ruínas, ver os mais belos lagos e picos nevados na Cordilheira dos Andes e de quebra conhecer a selva amazônica!

A vantagem deste roteiro é que chega e sai por Lima, o que geralmente significa uma boa economia nas passagens, já que comprar ida e volta do mesmo lugar costuma ser bem mais barato.

Comece sua viagem por Lima, e dedique uns 2 ou 3 dias para conhecer a capital peruana (não se preocupe se faltar tempo, pois você voltará para cá).

De Lima, pegue um voo direto para Iquitos (em torno de 100 dólares), o coração da selva amazônica peruana. Iquitos está tão isolada que o acesso até ela é só por barco ou avião – não há estradas.

Em Iquitos faça um tour de pelo menos 3 dias pela selva amazônica. Tem para todos os gostos: em hostel, em resorts de luxo e até de sobrevivência. Os passeios costumam custar entre 50 e 100 dólares por dia.

De Iquitos volte navegando pelo Rio Amazonas em uma épica viagem de até 3 dias pela selva. Pendure sua rede e faça como a população local.

Depois desta longa viagem você chegará a Yurimáguas, onde é possível fazer mais alguns passeios pela selva. Se acha que já teve selva suficiente, siga em van até Tarapoto, e de lá já siga para a bela cidade colonial de Chachapoyas, onde você poderá conhecer uma das cachoeiras mais altas da América do Sul e visitar as ruínas de Kuélap, um lugar quase tão impressionante quanto Machu Picchu mas bem menos conhecido.

De Chachapoyas encontre seu caminho até Trujillo (provavelmente terá que ir até Chiclayo em van), onde poderá visitar a impressionante cidade de barro de Chan Chan, e a Huaca de la Luna.

De Trujillo siga direto para Huaraz, a porta de entrada ao Parque Nacional Huascarán, onde verá algumas das paisagens de montanha mais bonitas do continente. As opções são muitas: a impressionante Lagoa 69, o imponente glacial Pastoruri, as ruínas de Chavín e conhecer a triste história de Yungay, a cidade soterrada por um avalanche. Tem tempo e gosta de trilhas e acampar? Pois faça um dos inúmeros circuitos de vários dias pelo parque.

Depois de tanta aventura, siga para Barranca e aprecie as ruínas de Caral, a civilização mais antiga da América e segunda mais antiga do mundo.

Sobrou tempo e faz calor? Aproveite as praias de Caleta Vidal. Está frio ou quer dedicar mais uns dias para Lima? Então pegue o ônibus de volta até a capital, onde poderá esperar sua passagem de volta ao Brasil.

É isso pessoal! Espero que estas sugestões possam ajudar vocês a programar as próximas viagens.

Todos os roteiros são bem flexíveis, e você pode incluir ou tirar alguns destinos de acordo com o seu tempo/gosto.

Para dicas de como economizar e como aproveitar ao máximo estes países, não deixe de ler nossos posts:

E também não deixem de curtir nossa página no face para estar sempre por dentro das melhores dicas 🙂
www.facebook.com/mundosemfimoficial

5 comentários sobre “Roteiros pelo Peru e Bolívia – sugestões para curtir ao máximo a terra dos Incas!

  1. Excelente o blog de vocês! Maravilhoso! Objetivo! Claro! Estou planejando um mochilão para Peru e Bolívia (eu pretendia ir de carro, mas muita gente desaconselha entrar de carro na Bolívia) e o que eu vi de melhor de orientação sobre essa viagem foi no blog de vocês. Muito obrigado pelas excelentes dicas!

    1. Obrigado Henrique! Ficamos muito felizes que nossas dicas tenham ajudado 🙂
      Sobre o carro, realmente acho que é melhor deixar pra lá mesmo. Os dois países tem transporte público razoavelmente bom e barato. O trânsito é bem caótico, ia se estressar de carro por lá!
      No que precisar de ajuda, só perguntar.
      Boa viagem!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *