Quer viajar o mundo de carona em veleiros? Conheça o Find a Crew

Sabe estes sites onde se troca trabalho por comida e hospedagem nos hostels? O Find a Crew é parecido, mas sua hospedagem será em um barco que viaja pelo mundo!

Estes filmes de marinheiros e piratas, onde as pessoas conhecem o mundo inteiro limpando o convés dos navios, já inspiraram muitos mochileiros. Se este é o seu sonho, talvez ele possa se tornar realidade com o Find a Crew (findacrew.net).

Ficamos sabendo desta ferramenta quando trabalhamos em um hostel em Bariloche. Lá, um dos voluntários era um brasileiro que já havia conhecido grande parte da África trabalhando em veleiros.

Agora que estamos no caribe seguindo para a América Central, a ideia de usá-la rondou pelas nossas cabeças. Até encontramos alguns barcos com rotas bem interessantes (incluindo países como Jamaica, Barbados e Cuba), mas nenhum que precisasse de dois ajudantes. Mas tudo bem, seguiremos buscando!

Como funciona

Há três opções para viajar nos veleiros: você pode pagar, trabalhar em troca da hospedagem e transporte, ou até receber um pagamento pelo seu salário. O tipo de trabalho exercido e a experiência necessária serão de acordo com a categoria escolhida, podendo ir desde faxina até chef de cozinha ou sub-capitão.

A questão da alimentação também é negociável.

Cuidados

Trabalhar em um veleiro é um pouco mais complexo que em um hostel, por exemplo. Em viagens longas, você ficará convivendo com as mesmas pessoas 24h por dia, por até semanas dependendo do caso. Além disso, no meio do mar você não pode simplesmente mudar de ideia e ir embora. Procure ter uma boa conversa com o capitão e conhecer o barco antes de aceitar qualquer serviço. De preferência, comece com viagens curtas, assim poderá descer no próximo porto caso não se adapte.

Esta pode ser a sua casa por meses

Outra coisa a considerar é a comida, e isso nos alertou o brasileiro que conhecemos em Bariloche. Se você aceitar um trabalho no estilo “dividir os gastos com alimentos”, procure ver o que o pessoal do barco costuma comer. Note que donos de veleiros costumam ter uma saúde financeira muito boa, e comem de acordo com suas posses. Se entrar em um veleiro onde o pessoal toma vinho francês e come caviar, pode ter certeza que vai sofrer para dividir os gastos.

É isso pessoal! Espero que tenham curtido a dica.

Alguém aí já viajou desta forma? Comentem aí!

E, para mais dicas de viagens e acompanhar a nossa volta ao mundo, curtam nossa página no face:
www.facebook.com/mundosemfimoficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *