Quer viajar de carona e tem receios? Tudo o que você precisa saber sobre este estilo único de viajar!

Muita gente tem nos perguntado sobre como é viajar de carona em um país desconhecido. Nós conhecemos este estilo de viagem agora, e vamos compartilhar com vocês tudo o que aprendemos por essas estradas!

Gostaríamos de escrever este post mais para a frente, assim teríamos uma visão mais ampla sobre como é viajar de carona por diferentes países, mas devido aos vários pedidos que recebemos de pessoas que estão saindo de férias este ano e querem fazer o mesmo que nós, decidimos adiantar um pouco a postagem. A medida que formos aprendendo mais, vamos atualizando as informações!

Nossa primeira carona, na Argentina
Com Hernán, caminhoneiro que nos deu carona de Rosário a Río Cuarto e futuramente se tornou um grande amigo!

Pelos últimos 5 meses, viajamos mais de 5 mil quilômetros de carona em mais de 60 veículos, pela Argentina e pelo Chile. Este foi um estilo de viagem novo que aprendemos, e agora não trocamos mais!

Mas por que viajar de carona?

Além da razão óbvia da economia, exitem vários outros motivos para se viajar assim.

  • Conhecer o país: ao entrar em um veículo novo, você não vai lidar com uma pessoa ligada ao turismo, mas sim com um morador local, com costumes bem definidos daquele país. Ele vai saber te indicar lugares para visitar que não estão no Lonely Planet, vai compartilhar um pouco do seu dia-a-dia e de sua cultura. Acredite, você tem muito o que aprender com essas pessoas!
  • Fazer novos amigos: acredite, muitas das pessoas que nos deram carona viraram nossos amigos de verdade. Alguns até nos convidaram a ficar em suas casas (convites estes que sempre aceitamos!).
Camping em Tierra del Fuego, Argentina
Além de nos darem carona, ainda nos convidaram para participar do mais típico jantar argentino! Tierra del Fuego, Argentina.
  • Flexibilidade: existem alguns lugares que os ônibus públicos não chegam. Você só pode ir com seu veículo particular ou se contratar alguma excursão (que nem sempre está disponível). Pedindo carona, se há uma estrada, você chega lá!
  • Passar o tempo: viajar longas distâncias pode ser cansativo, principalmente se você estiver viajando sozinho. Pegar uma carona é uma ótima maneira de ter uma companhia para conversar e encurtar um pouco o deslocamento. Isso é bom para os dois lados!
  • Tempo: você pode, sim, ganhar tempo viajando de carona. Quando precisamos descer a Carretera Austral, em alguns trechos só havia ônibus às terças, quintas e sábados. Quando precisávamos viajar no domingo, não tínhamos nenhum problema: era só ir para a estrada e levantar o polegar.
  • Liberdade: você não se sente preso aos horários dos ônibus, e também não precisa se preocupar onde vai estacionar o seu polegar quando chegar em algum lugar.
Carona pela Carretera Austral, Chile
Na caçamba junto com um cachorro, descemos parte da Carretera Austral chilena!

E, claro, a economia: você nasceu com uma passagem grátis para qualquer lugar do planeta, basta saber usá-la!

Segurança

Essa é a principal pergunta que nos fazem: “Não é perigoso viajar de carona?”.

Tem seus perigos, como tudo na vida, mas nos arriscamos a dizer que é um dos meios mais seguros de se viajar. Quase todos os dias escutamos histórias de turistas que foram roubados na rodoviária ou de ôbinus que foram assaltados na estrada, mas pouco se escuta sobre gente que tenha sido roubada pedindo carona.

Pense bem: se alguém quiser roubar um turista, por que iria até a estrada procurar mochileiros que estão pedindo carona, sendo que estes geralmente têm pouco dinheiro? Não é mais fácil procurar em pontos turísticos?

A única coisa que recomendamos é evitar pedir carona em cidades grandes, onde o começo da estrada geralmente coincide com a periferia. Aí sim você pode ser uma presa fácil. Neste caso, o recomendável é pegar um ônibus para a cidade pequena mais próxima, e de lá começar a usar o polegar.

Mas alguém ainda leva?

Sim.

No começo, só pedíamos carona para caminhões, porque nos disseram que somente caminhoneiros levavam. Com o tempo, vimos que não é assim: qualquer veículo está disposto a levar.

Carona na Argentina
Não existe idade para dar carona!

Já conseguimos caronas com caminhões, carros, vans, caminhonetes, carro dos correios, polícia… e também escutamos histórias de quem já foi com trator, ambulância, ônibus escolar, etc.

Além disso, não há idade, sexo ou situação financeira mais solidária: já pegamos carona com gente rica, gente pobre, homens, mulheres, jovens e velhos.

Portanto, se está vindo um veículo, não tenha medo de levantar o polegar.

Por que as pessoas param?

Muitas pessoas param por solidariedade, outras porque já viajaram assim ou tem filhos que viajam e outras (a maioria) porque simplesmente querem uma companhia para viajar. É muito comum alguém que está viajando sozinho por uma longa distância parar somente para ter alguém com quem conversar. Isso evita que durmam no volante ou que a viagem seja muito cansativa.

Carona na Argentina
Estes vieram de van do Canadá.

Por isso, quando ganhar uma carona, seja simpático com a pessoa. Aceitar uma carona e ir dormindo não é legal!!

E como fazer para pedir carona?

Ainda usamos a velha tática de ir para a estrada e levantar o polegar, e funciona bem.

Outra dica é sorrir e fazer contato visual. Não seja uma estátua ao lado da estrada, e sim tente fazer contato com o motorista. Alguns ignoram, alguns inventam alguma desculpa, e alguns param.

Se uma pessoa não te levar (seja lá qual for o motivo), não vá xingar ou jogar uma pedra no carro dela. Pelo contrário: sorria e acene um cumprimento. É bem possível que você volte a cruzar com esta pessoa, e que, desta próxima vez, ela esteja disposta a te levar!

Outra dica legal é deixar as mochilas a vista, assim mostra que vocês são mochileiros. Muitas pessoas sonham em fazer uma viagem deste tipo mas tem medo ou não podem por outros motivos. Ao verem você ali, vão querer fazer parte do seu sonho!

Pedindo carona
Sim, o polegar levantado funciona!

Se tiver muitas mochilas ou tranqueiras, deixe tudo organizado. Se deixar bagunçado, vai parecer que tem mais coisas do que realmente tem, e as pessoas podem não parar achando que não vai caber tudo no carro.

Também procure estar bem arrumado, dentro do possível. As pessoas devem te ver como um aventureiro, e não como alguém sem 1 tostão no bolso.

Devo fazer um cartaz com o destino?

Nós não costumamos usar. Isso pode ser bom porque você vai meio que garantir que quem parar vai para onde você quer, mas pode perder uma carona até uma próxima cidade no meio do caminho.

Por exemplo, vamos supor que você está em A e quer ir até C, mas no meio do caminho há uma cidade B. Se você conseguir chegar em B, vai aumentar as suas chances de chegar em C, pois vai adicionar ao seu conjunto de possíveis caronas os veículos que se deslocam de B a C.

Mucuvinha pedindo carona para El Calafate
Mucuvinha pedindo carona para El Calafate

O cartaz pode ser legal se você estiver indo para um aeroporto fora da cidade, por exemplo. Se ficar na estrada sem cartaz, as pessoas que vão para o aeroporto não vão parar porque vão pensar que você quer ir para a cidade seguinte. Com o cartaz, você resolve este problema.

E onde pedir carona?

De preferência fora da cidade, onde começa a estrada, e em algum lugar que os veículos passem devagar. Pode ser depois de uma curva, na saída de uma rotatória, depois de um cruzamento ou logo depois da polícia rodoviária. É bem pouco provável que um veículo que vem em uma reta a 100km/h vá parar.

Outra coisa importante é que o lugar onde você está tenha espaço suficiente para um veículo parar (de preferência que caiba um caminhão). Também é importante que a pessoa te veja de uma distância relativamente longa. Assim, eles vão ter tempo de pensar se vão parar ou não. Ninguém para por impulso.

Posso pedir carona na polícia rodoviária?

Sim, e deve. Este é, sem dúvidas, o melhor lugar para conseguir carona. Além dos veículos passarem por lá devagar, estar perto da polícia diminui a desconfiança do motorista.

Lembre-se de pedir autorização para a polícia antes de pedir carona. Na Argentina, é comum eles pedirem para conferir seus documentos (para segurança tanto sua quanto do motorista). Em alguns lugares, a polícia até te ajuda a conseguir a carona.

Me ofereceram para levar uns 10km para frente. Devo aceitar?

Depende. É muito comum alguém se oferecer para te levar até a polícia rodoviária ou até uma rotatória na saída da cidade. Neste caso, vale a pena aceitar.

Carona na caçamba
As caçambas oferecem as melhores vistas possíveis!

Se você já estiver em um lugar bom e a pessoa se oferecer para te levar uns 10km para a frente, não adianta muito. Apesar de você estar mais próximo do seu destino, os veículos que poderão te levar a partir daí são os mesmos que passarão onde você estava antes, porém provavelmente com uma velocidade bem maior.

Quanto tempo demora para conseguir uma carona?

Isso depende. Na maioria das vezes conseguimos carona em menos de 1h. Muitas vezes, não foi preciso esperar nem 5 minutos e já parou um carro.

Carona pela carretera austral, Chile
Não importa se é asfalto ou terra: se há uma estrada, alguém vai te levar.

Em outros lugares, porém, já precisamos esperar mais de 5h por uma carona. Uma vez, para descer de Governador Gregores para El Chaltén (Argentina), esperamos um dia inteiro e nada. No dia seguinte, voltamos para a estrada e conseguimos carona em menos de 20 minutos.

É possível cruzar fronteiras de carona?

Sim. Esse era um dos mitos que escutávamos: ninguém leva até a fronteira.

Mas nós já cruzamos 4 vezes a fronteira Argentina x Chile de carona. Realmente é um pouco mais difícil do que o normal, já que muitos motoristas tem medo de te levar e você estar ilegal ou portando drogas, por exemplo, mas tem gente que leva. Neste caso, eles vão te levar até a fronteira, lá você desce com as tuas mochilas e atravessa caminhando. Do outro lado, vocês se encontram novamente.

Nestas situações, uma boa dica é pedir para ir até a fronteira (aqui um cartaz escrito “fronteira” pode ajudar) ou até a cidade mais próxima da fronteira. No caminho, pode ir ganhando a confiança do motorista para que ele te leve além.

Carona que conseguimos com um pessoal que conhecemos em um passeio
Nossa primeira carona: dos Esteros del Iberá até Paso de los Libres, Argentina

Qual o melhor horário para pedir carona?

Os melhores horários são pela manhã (das 9h ao meio-dia) e pela tarde (a partir das 15h). Se tiver pressa ou for para um lugar muito distante, o ideal é sair o mais cedo possível.

Preciso ajudar com a gasolina?

Não. Nenhuma das pessoas que parou para nos dar carona fez isso com o intuito de cobrar alguma coisa. Pelo contrário: muitas nos presentearam com comida ou fizeram questão de pagar nosso almoço.

E se ficar tarde e eu tiver na estrada?

Isso pode acontecer. Quando for pedir carona, lembre-se de levar uma garrafa grande de água e comida. Se começar a ficar tarde, você pode voltar para a cidade ou acampar por ali mesmo, caso tenha barraca. Nós já acampamos 4 vezes na beira da estrada.

Acampando na Tierra del Fuego, Chile
Se aceitar uma carona para algum ponto no meio da estrada, prepare-se para a possibilidade de passar a noite por lá!

Outra dica importante é: se for aceitar uma carona para um cruzamento no meio da estrada, certifique-se de que ali perto há um posto de gasolina, uma fazenda ou algum rio com água potável. Você pode sobreviver alguns dias sem comer nada, mas sem água não dá.

Legal. Mas vocês são um casal, e eu sou um homem sozinho. Ninguém vai me levar.

Bobagem. Sempre que se fala em carona, os homens dizem: “se eu fosse mulher, só viajaria assim, porque só levam as mulheres”. Em contrapartida, o comentário das mulheres é: “se eu fosse homem, viajaria de carona, porque para mulher sozinha é muito perigoso”. Existem várias combinações que pedem carona, e cada uma tem suas vantagens e desvantagens:

  • Mulher sozinha: pode parecer o melhor dos cenários, pois não apresenta perigo e ainda pode parecer mais agradável a homens solteiros que viajam (o que pode vir a ser um inconveniente, mas dificilmente o cara vai passar dos limites), mas apresentam uma grande desvantagem: um casal com a mulher ciumenta pode se recusar a levá-la, ou um homem casado viajando sozinho pode ficar com medo de que alguém o veja com outra mulher no carro e espalhe algum boato…
    Em países ou zonas muito machistas, talvez seja melhor uma viajante solitária se juntar a algum amigo para pedir carona, ou entrar somente em veículos que tenham outras mulheres.
  • Casal: depois da mulher sozinha, é a combinação que aparenta menos perigo. Não vai ter problemas com casais ou homens casados viajando sozinho, mas tem a desvantagem ser duas pessoas (e provavelmente carregar o dobro de bagagens), assim não vão caber em qualquer veículo.
  • Homem sozinho: algumas pessoas vão ficar com medo de levar, mas não terão problemas com homens casados e podem viajar em veículos parcialmente cheios.
  • Duas mulheres: apresentam as mesmas vantagens e desvantagens da mulher sozinha, com a desvantagem de serem duas pessoas e ocuparem mais espaço. A vantagem é que as mulheres se sentem mais seguras viajando desta forma.
  • Dois homens: provavelmente a pior combinação de todas, mas nem por isso é impossível viajar assim. Conhecemos vários amigos que viajam juntos de carona por aí. Se ficar muito complicado em algum lugar, o ideal é que se separem e marquem um ponto de encontro mais para a frente.

Tenho dias de férias contados. Vale a pena viajar de carona?

Aí realmente é mais complicado. Em geral, conseguimos carona rápido, e os veículos se deslocam mais rápidos que os ônibus, mas isso não é uma regra. Além disso, é difícil planejar o dia, pois não sabemos a que horas vamos chegar ao destino e nem a que horas vamos sair.

Carona na caçamba
Esqueça o penteado!

Viajar de ônibus também tem a grande vantagem de que você pode viajar a noite, assim economiza um dia de hospedagem e aproveita melhor o dia, coisa que com a carona já é mais complicado…

Se quiser mais dicas de caronas, com detalhes e dicas de cada país, dê uma olhada neste site (em inglês):

http://hitchwiki.org/en/Main_Page

E se quiser saber como foi nossa experiência em cada país da América do Sul, não deixe de ler nosso artigo:

É isso pessoal, espero que tenhamos conseguido esclarecer suas dúvidas sobre este estilo bem peculiar de viajar, e esperamos encontrá-los pelas estradas do mundo! 😀

Para mais dicas sobre viagens, curtam nossa página no face:

www.facebook.com/mundosemfimoficial

20 comentários sobre “Quer viajar de carona e tem receios? Tudo o que você precisa saber sobre este estilo único de viajar!

  1. Bem neste esrilo que vou fazer meu mochilão, muit obrigado pelas dicas, vão ser muito úteis!!!! Grande abraço pra vocês e boa viajem!!!

  2. Olá casal maravilhoso!

    Estou pensando em fazer uma viagem semelhante pela América do Sul.
    Gostaria de saber como vocês fizeram o trecho São Paulo -> Buenos Aires
    Foi de Carona também? Estou cogitando, mas não sei como seria fazer isso aqui no Brasil.
    Um abraço!
    Alex

    1. Olá Alex!
      Esta parte fizemos de ônibus. Passamos uns dias em Curitiba, e de lá pegamos um ônibus direto para Foz do Iguaçu. Aí pode cruzar a fronteira para a Argentina em ônibus local, e do lado argentino a carona já fica bem mais fácil (ainda seguimos de ônibus até Corrientes, pois não estávamos muito seguros ainda).
      Realmente no Brasil não sei como funciona. Todas as pessoas que conhecemos disseram que aí é bem difícil conseguir carona!
      Abraço!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *