Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas – um dos tours mais impressionantes do Atacama!

Seguindo nosso roteiro pelo Atacama, tivemos desta vez o privilégio de conhecer as Piedras Rojas e as Lagunas Altiplânicas, e vamos compartilhar com vocês todas as informações deste passeio imperdível!

Referência

1 real – 185 pesos chilenos (abril/2016)


 

Localizada a cerca de 150km de San Pedro de Atacama, próximo à fronteira com a Argentina (paso Sico), está a belíssima formação geológica chamada de “Piedras Rojas”, conhecida assim por causa de sua coloração vermelha. Ao seu lado, um lago salgado com uma coloração belíssima completa o cenário.

Piedras Rojas, no deserto do Atacama
Sobre as Piedras Rojas, observando o belíssimo lago que as acompanham.

Próximo a ela, está um bonito Salar de Aguas Calientes (chamo de “um” porque no Atacama há 5 salares com este nome!) e, uns poucos quilômetros mais adiante, as lagoas Meñique e Miscanti!

Como chegar

É possível chegar ao local através de uma excursão saindo de San Pedro de Atacama ou com um veículo próprio.

Quem quiser se aventurar em seu veículo próprio deve sair de San Pedro seguindo em direção à Argentina pelo Paso Sico. Apesar de algumas partes da estrada serem de terra, não é necessário um 4×4.

Mapa do Atacama
Mapa da região de San Pedro de Atacama

Se quiser ir de excursão, certifique-se com a agência que no passeio estão incluídos os dois lugares (Piedras Rojas e Lagunas Altiplanicas). A diferença de preço entre fazer apenas um dos passeios e fazer os dois é pequena, portanto faça os dois! Este é um dos passeios mais caros de San Pedro, mas vale a pena.
Nós fizemos com a Ayllu Atacama, agência especializada em receber brasileiros e que fez uma parceria conosco. Recomendamos pelo excelente serviço prestado durante todo o passeio.

Veículos que nos levaram a Piedras Rojas
Veículos que nos levaram a Piedras Rojas

Entradas

A entrada para as Piedras Rojas é gratuita. Para visitar as lagoas Meñique e Miscanti, deve-se pagar uma entrada de 3 mil pesos chilenos (algo como uns 17 reais).

Banheiro

Há banheiros em Meñique e Miscanti. Se ficar apertado nas Piedras Rojas, precisa ser no matinho mesmo.

O que levar

As recomendações são as mesmas para qualquer passeio no Atacama: muita água, protetor solar e protetor labial. Se tiver, leve chapéu e óculos escuros também.

E não importa se em San Pedro estava calor: leve casaco, luvas e gorro, pois lá faz bastante frio (e venta muito).

Mucuvinha em Piedras Rojas
Vá bem abrigado, pois lá em Piedras Rojas faz muito frio!

Se você não estiver bem aclimatado, pode sofrer um pouco com o mal da altitude (a altitude por lá passa dos 4 mil metros). Levar chocolate é uma boa ideia para diminuir os sintomas.

O tour

Saímos de San Pedro às 6h da manhã, depois de a van buscar cada um em seu hotel. É interessante contratar um tour que saia cedo, pois assim você vai poder apreciar os lugares sem muita gente.

No caminho, nosso guia Claudio seguiu em silêncio, para que pudéssemos ir dormindo (a estrada é muito bonita, mas você vai poder admirá-la na volta).

Mucuvinha com nosso guia em Piedras Rojas
Claudio, nosso guia, com o Mucuvinha!

Pouco antes das 8h da manhã, já avistávamos as Piedras Rojas de longe. O sol começava a surgir atrás das montanhas, e descemos da van para tirar algumas fotos e apreciar a beleza daquele cenário que mudava de cor.

Nascer do sol em Piedras Rojas
Chegando a Piedras Rojas, onde vimos surgirem os primeiros raios de sol

Depois de alguns momentos ali, voltamos para a van e seguimos até as Piedras Rojas. Lá, Claudio nos deu meia-hora para caminharmos sobre as pedras e tirar quantas fotos quiséssemos, enquanto ele se encarregaria de preparar nosso café-da-manhã.

Piedras Rojas
Caminhando ao lado das Piedras Rojas

As Piedras Rojas (pedras vermelhas, em espanhol) são pedras de origem vulcânica. Nelas é possível observar buracos redondos, resultados das bolhas que se formaram antes da lava se solidificar.

Piedras Rojas
As formações das Piedras Rojas impressionam qualquer um

Ao lado das pedras, uma bela lagoa completa o cenário. Ao fundo, as montanhas desérticas são a cereja do bolo.

O frio e o vento eram intensos aqui, e tão logo nosso café-da-manhã ficou pronto, corremos para lá para comer protegidos do vento entre as duas vans do passeio.

Café-da-manhã em Piedras Rojas, Atacama
Que tal tomar um café-da-manhã em um lugar assim?

De barriga cheia, voltamos para a van e seguimos até o Salar de Águas Calientes. No caminho, encontramos três coelhos de pelo esverdeado (são chamados por lá de ‘biscachas”) escondidos entre as pedras. Consegue encontrá-los? 🙂

Coelhos no deserto do Atacama
Consegue encontrar 3 coelhos escondidos nas pedras?

Fomos até o mirante tirar algumas boas fotos. Vimos algumas pessoas caminhando sobre o Salar, mas nosso guia nos informou que esta prática está destruindo o lugar, que é habitat dos flamingos.

Salar no Deserto do Atacama
Um dos 5 Salares de Águas Calientes do Atacama

A partir daí, seguimos até o ponto final do nosso passeio: as lagoas Meñique e Miscanti!

O acesso à essas lagoas é pago (3 mil pesos por pessoa), e aí há um pequeno banheiro para quem se segurou até agora.

Mucuvinha nas Lagunas Altiplânicas
Mucuvinha nas Lagunas Altiplânicas

A visão das lagoas é de tirar o pouco de fôlego que ainda resta! Cada ângulo é mais incrível que o outro. Caminhamos por uma pequena trilha tirando fotos e mais fotos.

Nós nas Lagunas Altiplânicas

Mucuvinha nas Lagunas Altiplânicas
Mucuvinha com a touca do Bob Marley nas Lagunas Altiplânicas

Todo o passeio foi muito bonito, mas infelizmente chegou a hora de voltar. Desta vez, seguimos admirando a paisagem da bela estrada que liga San Pedro a estes lugares.

Ainda paramos sob o marco do Trópico de Capricórnio para tirar algumas fotos. De lá se tem uma bela vista do vulcão Lascar, o mais ativo da região (conheça a lenda dos vulcões da região aqui).

Estrada no Deserto do Atacama
Esta estrada é impressionante, não?
Trópico de Capricórnio, no Deserto do Atacama
Comemorando o “dia do beijo” no trópico de capricórnio!
Vulcão Lascar
Lascar, o vulcão mais ativo da região, soltando um pouco de fumaça

A volta passou incrivelmente rápida, com nosso grupo super animado composto exclusivamente por brasileiros.

Tour para Piedras Rojas
Galerinha super animada que deixou o passeio ainda mais legal!

Chegamos a San Pedro pouco antes das 4h da tarde, onde um delicioso almoço nos esperava!

Almoçando em San Pedro do Atacama
Para finalizar, um almoço “gourmet”!

Dicas

  • leve roupas para frio (incluindo luvas e gorro), pois lá costuma fazer bastante frio!
  • Fomos em parceria com a Ayllu Atacama, e recomendamos esta agência pelo excelente serviço prestado.
  • Procure sair de San Pedro o mais cedo possível, para chegar lá enquanto ainda está vazio.
  • Se for em tour, certifique-se de que a agência inclui Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas no passeio.

Confira tudo sobre o Atacama aqui.

Acompanhe nessa viagem de volta ao mundo pelo face!

www.facebook.com/mundosemfimoficial

6 comentários sobre “Piedras Rojas e Lagunas Altiplânicas – um dos tours mais impressionantes do Atacama!

  1. Muito bacana o post, como todos os outros! Este tour precisa reservar com muita antecedencia? Já reservo aqui no Brasil?
    E boas vibes na viagem de vcs.

    1. Olá Fátima! Obrigado! 🙂
      Não precisa reservar com antecedência não, chegando lá já dá pra reservar para o dia seguinte.
      Boa viagem para você!

  2. Que legal! Vou para San Pedro agora, meados de agosto, passar uns dias lá p conhecer. Uma pergunta… Não é possível tomar banho no salar de águas calientes?

    1. Olá Consuelo! Que legal, temos certeza que vai ser uma ótima viagem!
      Quanto a tomar banho, não sei dizer se é proibido ou não, mas o frio é insuportável! Você chega a ver cristais de gelo na água.
      Os melhores lugares para tomar banho são a Laguna Cejar (na verdade você toma banho em uma lagoa que está do lado da Cejar) e as piscinas dos gêisers (é muito frio por lá, mas as piscinas tem águas quentes).
      Ah, tem as águas termais de Pirutama também. Lá a água é transparente e quentinha.
      Boa viagem!!

  3. Estou acompanhando o relato de todo o percurso e fico tão feliz por vcs. Estou tão animada que já estou montando meu roteiro, não sei pra quando, mas todas as dicas que vcs dão eu anoto.
    Agora, entendi que vcs não pagaram pelos passeios no Atacama, então estou completamente perdida quanto aos valores dos passeios, pq estou tomando por base tudo que estão informando aqui no blog.Tem como saber esses valores? Passeio por passeio?
    Obrigada e boa viagem!!

    1. Olá Ana! Que bom, ficamos felizes que nossas dicas estejam ajudando! 🙂
      Sobre os passeios, realmente não pagamos. Trabalhamos na agência para fazê-los, porque são um pouco caros. Os valores mudam muito conforme a temporada também.
      Recomendo entrar em contato com as agências e pedir os preços atualizados (pergunte também sobre o preço das entradas nos lugares, porque pode ter subido). A agência onde fizemos é a Ayllu, que faz passeios mais de luxo. Eles falam português e respondem por whatsapp: +56964969163
      Se quiser ver com uma agência mais econômica, uma das mais baratas é a Travel Lithium. Nós fizemos o Salar do Uyuni com eles e foi muito bom também. Podem perguntar os preços pelo site:
      http://www.travel-lithium.com/

      Em qualquer uma delas você consegue pelo menos uns 20% de desconto se der uma chorada!

      No mais, pode ir tranquila que este lugar é maravilhoso. Não vai se arrepender!! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *