Glacial Perito Moreno – tudo sobre este Patrimônio da UNESCO na Argentina

Seguindo nossa rota em busca de lugares fantásticos pelo mundo, nos deparamos com este fantástico paredão de pedra, que surpreende viajantes do mundo inteiro.

Referência:

1 real = 3,40 pesos argentinos (jan/2016)


 

O Parque Nacional Los Glaciares se estende pelo sul da Argentina e contém algumas centenas de glaciais, sendo o mais imponente deles o Perito Moreno, com cerca de 60 metros de altura.

Para visitá-lo, não se deve ter pressa: aqueles que tiverem paciência poderão ser presenteados com a imagem de enormes blocos de gelo se rompendo com um barulho assustador, criando ondas enormes no belo lago que o rodeia.

Mucuvinha no Glacial Perito Moreno
Mucuvinha em frente ao Glacial Perito Moreno

Para quem viaja com um pouco mais de grana, é possível pegar um barco pela lagoa e se aproximar ainda mais do glacial, ou até mesmo fazer um trekking sobre o gelo.

Como chegar

A cidade base para conhecer o glacial é El Calafate, a cerca de 80km do glacial. Se estiver de carro, basta seguir a estrada que se estende a partir da avenida principal.

Se estiver a pé, já fica mais complicado. Não há transporte público que leva até o glacial, então será preciso contratar uma excursão.

Se estiver (como nós) em economia extrema, é possível chegar até lá de carona tranquilamente. Isso é muito comum por aqui.

No glacial Perito Moreno com o pessoal que nos levou de carona!
Com Sol e Agostina, duas argentinas super simpáticas que nos deram carona até lá!

Preços

Entrada para o Parque Nacional: ARS$160 p/ argentinos, 200 p/ Mercosul e 260 p/ gringos. Estudantes argentinos pagam o valor simbólico de 30 pesos.

Excursão desde El Calafate até o Parque: de 400 a 700 pesos. Não inclui o valor de entrada ao parque nacional.

Passeio de barco: 250 pesos. Pode ser contratado diretamente no Parque Nacional.

Trekking sobre o gelo: em torno de 200 dólares.

Almoço em El Calafate: a partir de 140 pesos. As opções mais baratas são pizzas (em torno de 140 pesos para 2 pessoas).

Hospedagem em El Calafate: na alta temporada, encontramos hostels com preços a partir de 130 pesos em dormitório compartilhado. Para quem tem barraca, há 3 campings na cidade, com valores de 80 a 100 pesos por pessoa.

O que fazer em El Calafate

Com pouco mais de 20 mil habitantes, El Calafate é uma cidade grande (pelo menos para os padrões patagônicos) e extremamente turística.

Praticamente todas as lojas e restaurantes estão na av. Libertador e paralelas.

A cidade em si não apresenta grandes atrativos, e não vale a pena ficar muitos dias por aqui.

Quem quiser, pode passar pela casa da ex. Presidenta da Argentina Cristina Kirchner, que fica a poucas quadras da avenida principal e é relativamente discreta, em meio a várias árvores. Para chegar lá, pergunte a qualquer morador que vão saber te informar.

P1180712.JPG

O azulado lago Argentino também merece uma visita. A cidade fica ao seu redor, embora as melhores vistas sejam a partir da estrada.

Para quem quiser ver mais glaciares e montanhas de tirar o fôlego, o ideal é ir até El Chaltén, que está pertinho e é bem fácil de ir de carona. Leia nosso post sobre El Chaltén aqui:

http://mundosemfim.com/el-chalten-e-o-fitz-roy-o-paraiso-de-quem-gosta-de-trilhas/

Dicas:

  • Se estiver sem carro, procure ir de carona até o glacial. Vai economizar uma boa grana desta forma.
  • Se tiver condições, passe o dia inteiro no glacial. Desta forma, vai poder apreciar enormes blocos de gelo se rompendo e caindo no lago que o cerca.
  • Se não puder passar o dia inteiro lá, tente dar preferência a visitas no fim da tarde (o parque fecha as 21h, pelo menos no verão). Neste horário há bem menos turistas e maior chance de rompimento do gelo.
  • No glacial há um restaurante, mas é caríssimo. Leve comida e um bom vinho se for ficar bastante tempo lá.
  • Em El Calafate, tente se hospedar próximo à Avenina Libertador.
  • “Calafate” é o nome de uma fruta da região, que parece pequenas uvas roxas. Tente experimentar umas quando passar por aqui.

Para mais dicas sobre viagens, sigam nossa página no facebook! 🙂

www.facebook.com/mundosemfimoficial

10 comentários sobre “Glacial Perito Moreno – tudo sobre este Patrimônio da UNESCO na Argentina

  1. Bom dia, boa tarde, boa noite Renan!

    Gostaria de te agradecer pelos relatos que você faz. Nao tenho duvida que este é um dos blogs mais completos de viagem pela America do Sul que encontrei. Como disse o Marcio, o aspecto dos valores é muito importante pra quem quer planejar uma viagem, e você traz essas informações.

    Grande abraço e boas aventuras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *