Conhecendo as ruínas de Pachacamac (Lima) sem gastar muito!

A pouco mais de 30km de Lima estão as ruínas de Pachacamac, um complexo que começou a ser construído muito antes dos Incas. As excursões cobram em torno de 30 dólares, mas é possível conhecer este lugar incrível sem gastar quase nada!

Referência (junho/2016)
1 real = 0,86 soles (câmbio em Lima)
1 dólar = 3,32 soles

Pachacamac

E o Peru não para de nos surpreender. Pertinho de Lima, rodeado pela cidade e pelo mar, está o impressionante sítio arqueológico de Pachacamac, ainda em processo de escavação e restauração. Talvez, depois de totalmente restaurado, este lugar possa superar Machu Picchu em grandeza.

Mucuvinha em Pachacamac
Um dos poucos prédios de Pachacamac que estão restaurados

Este lugar começou a ser habitado por volta de 200 d.C, e manteve-se ocupado por mais 1300 anos, até a invasão espanhola. Seu nome é uma referência ao “Pacha Kamaq”, deus criador da Terra segundo a crença da população local pré-inca.
Pachacamac foi um importante centro administrativo e religioso para grandes civilizações pré-coloniais em períodos distintos, como os Limas, os Huaris e, por final poderosos Incas; até ser totalmente saqueado e destruído pelos espanhóis. Hoje, 500 anos depois, os esforços para reconstruir suas inúmeras pirâmides, templos, praças e casas são incessantes.

Ruínas de Pachacamac
Ruínas de Pachacamac

Como chegar a Pachacamac

As excursões a partir de Lima custam entre 30 e 40 dólares, costumam durar uma manhã (ou uma tarde) e geralmente incluem as entradas e um guia.
Se quiser ir por conta própria, porém, é fácil e custa muito menos.

Michele em frente ao Templo do Sol, herança dos Incas em Pachacamac
Michele em frente ao Templo do Sol, herança dos Incas em Pachacamac

A partir do centro de Lima, há ônibus que seguem diretamente para lá, e custam 3 soles (nos domingos podem custar 4). Para ir desta forma, procure os ônibus que vão para San Bartolo ou para Lurín, e confirmem se passam por Pachacamac (alguns vão pela estrada nova, que passam a 4km do sítio arqueológico).
Estes ônibus partem da Av. Miguel Grau, próximo à esquina com a Wilson, em frente ao Museu de Arte de Lima.
O trajeto até lá dura em torno de 1h30min, dependendo do trânsito. Para voltar, pegue os ônibus que dizem “San Miguel”.

Ruínas de Pachacamac
O contraste entre as ruínas pré-hispânicas e as casas atuais

Quanto custa?

Se for de excursão, vai gastar entre 30 e 40 dólares.
Se for por conta própria, vai gastar:
-6 soles de ônibus (3 para ir, 3 para voltar);
-10 soles de entrada;

Opcionalmente, se quiser contratar um guia no local, eles vão cobrar 25 soles, e atendem um grupo de até 20 pessoas (o que pode ser interessante se estiver com mais pessoas).

Pachacamac

Uma das várias pirâmides de Pachacamac
Uma das várias pirâmides de Pachacamac

Conhecendo Pachacamac

Hoje, pouca parte de Pachacamac está restaurada, mas os esforços são grandes. Muitas das suas ruínas estão somente 10% em pé, mas isso não tira o encanto do lugar. Quem sabe, em mais alguns anos, seja possível ver esta antiga cidade totalmente de pé!
Toda a região se estende por cerca de 600 hectares, e são necessárias cerca de 2h para percorrê-la. Além do sítio arqueológico, o local conta com um pequeno museu, onde estão guardadas algumas peças de cerâmica, um totem e muita informação sobre a história do Peru.
Na entrada te darão um mapa para ajudá-lo a percorrer Pachacamac.

Totem sagrado dos incas
Totem sagrado para os Incas, que foi roubado pelos espanhóis e posteriormente recuperado por pesquisadores
Ruas de Pachacamac
Caminhos que já foram percorridos por inúmeras civilizações pré-hispânicas

Não deixem de ler nosso post com todas as dicas de Lima aqui.

Para mais dicas de viagens e acompanhar nossa viagem de volta ao mundo, curtam nossa página no face!
www.facebook.com/mundosemfimoficial

 

3 comentários sobre “Conhecendo as ruínas de Pachacamac (Lima) sem gastar muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *