Geisers el Tatio – o passeio mais procurado no Atacama!

Se você estivesse no Atacama e pudesse fazer apenas um passeio, indicaríamos os Geisers el Tatio. O encanto deste lugar não está apenas na beleza em si (é difícil escolher qual o destino mais bonito do deserto), mas sim no fato de ele ser diferente de tudo o que você já viu. Venha conhecê-lo com a gente!

Referência (abril/2016)

1 real = 185 pesos chilenos

O que é um gêiser?

“[…]é uma nascente termal que entra em erupção periodicamente, lançando uma coluna de água quente e vapor para o ar.[…]”Wikipedia.

Mucuvinha no Gêiser el Tatio, no Atacama
Mucuvinha em um gêiser desativado

Explicando de forma mais simples, um gêiser é um buraco no chão que cospe água fervendo. Este fenômeno ocorre somente em áreas com intensa atividade vulcânica, e são relativamente raros (há cerca de mil gêiseres em todo o planeta).

Gêiser el Tatio, Atacama
Ao fundo, um gêiser em plena atividade. Em Geisers el Tatio, Atacama

O efeito ocorre da seguinte forma: no subsolo da região dos gêiseres há uma grande concentração de lava vulcânica. Esta lava está a uma temperatura altíssima, e esquenta as pedras ao seu redor.

Mucuvinha em um gêiser
Mucuvinha em frente a uma boca de gêiser em atividade. As cores se devem aos minerais carregados pela água.

Quando a água gelada das montanhas escorre por rios subterrâneos, ela acaba entrando em contato com estas pedras, o que faz sua temperatura elevar ao ponto de ebulição em fração de segundos. Isso eleva a pressão e faz com que a água seja cuspida para fora pela primeira fenda que encontrar na terra. Como esta água é rica em minerais, o minério vai se acumulando na borda do buraco, dando a forma e a cor do gêiser ao longo dos anos.

Como chegar?

Os Gêisers el Tatio estão localizados a cerca de 90 quilômetros ao norte de San Pedro de Atacama e a uma altitude de 4300m, o que torna este passeio não recomendado para o primeiro dia. Melhor esperar uns 2 ou 3 dias para se aclimatar com a região.

É possível chegar ao local com seu veículo particular (preferencialmente 4×4) ou através de excursão contratada em San Pedro. Se for se aventurar com seu próprio veículo, certifique-se antes se não ocorreu nenhuma nevasca que tenha fechado a estrada.

Neve no Atacama
Quem imaginaria que pegaríamos neve no deserto mais seco do mundo?

As excursões saem de San Pedro todos os dias e praticamente todas as agências oferecem este tour. Nós fomos com a Ayllu Atacama, empresa especializada em atender turistas brasileiros e com quem fizemos uma parceria para fazer todos os passeios.

O que levar?

A temperatura nos gêisers é bem baixa, podendo chegar perto dos -10°C no verão e passar dos -20°C no inverno. Por isso, leve todas as roupas de frio que tiver: vá com duas calças, 3 blusas, casaco, luvas, gorro, cachecol, etc.

Geisers el Tatio, Atacama
Vá preparado para encarar muito frio!

Como o passeio acontece muito cedo, levar uma lanterna pode ser interessante.

Também pode ser que você sinta os efeitos da altitude por lá. Levar chocolate ajuda a superar o cansaço, e mascar chicletes diminui os enjoos.

Quando se faz este passeio, geralmente é permitido se banhar em uma piscina de águas termais que há ali perto. Apesar da água ser quente, a temperatura ambiente é bem baixa. Se acha que vai aguentar ficar uns poucos segundos sem roupa antes de pular na piscina, leve um traje de banho também!

Protetor solar e água, claro, também não podem faltar!

Mucuvinha na neve do Atacama
Mucuvinha brincando na neve enquanto, ao fundo, os gêisers cospem fumaça.

Quando ir?

A atividade dos gêiseres ocorre durante todo o ano. Para ver o fenômeno, porém, é preciso acordar cedo: a maioria das excursões saem de San Pedro antes das 5h da manhã. Algumas poucas oferecem saídas às 6h, o que é melhor porque haverá menos pessoas e a temperatura estará um pouco mais confortável, embora as atividades não estejam mais tão intensas assim.

Depois das 10h da manhã já não se vê praticamente nenhuma atividade no local.

Casas no deserto do Atacama
No caminho, típica casa de camponeses atacameños

Entradas

As entradas aos gêiseres custam 5 mil pesos chilenos por pessoa.

Cuidados

Para ser curto e grosso: se você cair dentro de um gêiser, você vai morrer queimado. Apesar de todos os esforços e investimentos em informação e segurança, acidentes ainda acontecem. Em outubro de 2015, uma turista belga morreu depois que passou da área de segurança e o piso cedeu.

Se você se mantiver dentro da área demarcada como segura, porém, não há com que se preocupar (e as marcações são bem claras).

Os acidentes podem acontecer por imprudência ou porque a pessoa caminhou olhando para o celular e não viu a marcação. Também pode acontecer de o gêiser levantar muita fumaça e a pessoa não ver por onde está andando. Se isso acontecer, fique parado e espere a fumaça se dispersar.

Seguindo estes conselhos básicos, seu passeio será incrível!

Gêisers el Tatio - Atacama
O caminho seguro é bem demarcado. Jamais ultrapasse o limite!

O tour

Saímos da Ayllu pouco antes das 6h da manhã, e fomos buscar os outros passageiros em seus hotéis. Fomos somente nós e um outro casal de brasileiros.

Tivemos uma sorte muito grande: havia chovido no dia anterior (o que é raro por aqui), e isso fez a temperatura nas montanhas cair bastante. Quando seguíamos pela estrada rumo aos gêisers, nos deparamos com muita neve pelo caminho! Isso deixou a todos (inclusive ao Mike, nosso guia) de queixo caído: a beleza do local era indescritível!

Deserto do Atacama com neve
Somente a beleza da estrada já valeu todo o passeio!

Paramos várias vezes para tirar fotos, pois na volta provavelmente a neve já teria derretido. Com isso, acabamos nos atrasando um pouco, mas não importava: se o passeio terminasse aqui, já teria valido a pena.

Seguimos pela estrada de lama e, aos poucos, fomos vendo a fumaça lá longe. A medida que nos aproximávamos, o cenário se tornava cada vez mais apocalíptico. Chegamos aos gêiseres por volta das 8h da manhã, e a atividade ainda estava bastante forte.

Descemos da van e seguimos caminhando junto com nosso pequeno grupo, enquanto Mike ia explicando sobre a geografia do local.

Gêiser el Tatio, Atacama
Com Mike, dono da Ayllu e nosso guia por hoje!

Fazia bastante frio, mas isso não tirava o encanto do lugar.

Depois de ver todos os gêisers e de tirar inúmeras fotos, voltamos para a van e seguimos para um campo aberto, onde tomamos nosso café-da-manhã em um dos cenários mais lindos que presenciamos no Atacama.

Gêisers el Tatio
Que tal tomar um café-da-manhã em um lugar assim?

Voltamos tranquilos, parando para tirar várias fotos na estrada, e chegamos em San Pedro por volta do meio-dia.

Vicunha no deserto do Atacama
No caminho de volta, uma vicuña

 

E aí, curtiram esta dica? 🙂
Conheçam tudo sobre o Atacama aqui!

Para continuar acompanhando nossa viagem pelo mundo, curtam nossa página no face!

www.facebook.com/mundosemfimoficial

7 comentários sobre “Geisers el Tatio – o passeio mais procurado no Atacama!

    1. Olá Sandra! Muito obrigado por acompanhar a nossa viagem!
      Temos certeza que seu passeio por San Pedro vai ser incrível, este é um dos lugares mais bonitos que já vimos até agora. Amanhã já devemos seguir para a Bolívia, mas hoje vamos tentar fazer um post sobre San Pedro com todas as dicas para ajudar no seu passeio por aqui! 🙂
      Beijos e boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *