Gauchito Gil – conheça o santo gaúcho argentino

Quem já viajou pelas estradas argentinas deve ter percebido as inúmeras bandeiras vermelhas espalhadas ao longo das vias. Estas bandeiras cercam pequenos santuários em homenagem ao gaúcho milagroso.

Antonio Mamerto Gil Núñez, ou simplesmente Gauchito Gil, é talvez o santo mais popular entre os gaúchos, apesar de não ser reconhecido pela igreja católica.

Gauchito Gil, o santo argentino

Pouco se sabe sobre sua história, mas ele teria supostamente nascido na década de 1840 em Pagamento Ubre (atual Mercedes – Corrientes), onde está seu principal santuário.

Das várias versões de sua história, a mais popular é que tenha sido recrutado pelo Partido Autonomista na guerra corrientina e desertado. Sendo a deserção um crime, foi condenado a morte com um corte na garganta. Pouco antes de morrer, teria dito ao seu carrasco que rezasse pela vida de seu filho (que se encontrava muito doente) em seu nome e este seria curado. O carrasco assim o fez e em pouco tempo seu filho se curou, e a partir daí começou a crença no santo.

Outra história mais heroica é que Gauchito Gil era um tipo de Robin Hodd argentino, que roubava dos ricos para dar aos pobres.

Seja lá qual for a versão verdadeira, é fato que este santo é bastante adorado na Argentina. Pequenos templos são construídos ao longo de quase todas as estradas do país e cercado por bandeiras vermelhas como uma oferenda ao santo. Os motoristas, ao passarem em frente a esses santuários, costumam buzinar como uma forma de respeito.

Mucuvinha em um santuário do Gauchito Gil à beira da estrada
Mucuvinha em um dos inúmeros santuários de beira de estrada em adoração ao Gauchito Gil.

Já viu essas bandeiras por aí? Agora você sabe o que elas representam 🙂

Para mais dicas sobre viagens, siga nossa página no face!

www.facebook.com/mundosemfimoficial

  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *