Como ganhar dinheiro vendendo fotos na Internet? Veja nossa experiência!

Muita gente tem a curiosidade de saber como é possível ganhar dinheiro vendendo fotos de viagens pela internet – e quanto se ganha realmente com isso. Aqui mostramos nossos lucros até agora!

Há algum tempo atrás, postamos nossas primeiras experiências vendendo fotos da nossa viagem pela internet aqui:

Agora que já se passaram alguns meses e já temos bem mais fotos em nosso portfólio, podemos dar uma visão um pouco mais atualizada de quanto estamos ganhando realmente.

Quem compra?

É muito interessante conhecer melhor o mercado para saber que fotos tem maior ou menor potencial de vendas.

O mercado de compra de fotos é bastante diverso. Uma foto genérica de uma praia bonita, por exemplo, pode ser comprada por um banco para sua campanha de marketing de previdência privada. Fotos de uma cidade turística podem ser compradas pelo ministério de turismo daquele país, ou por blogs e revistas de viagens. Já a foto de uma criança andando de skate poderia ser bastante procurada pelo departamento de marketing de agências de seguro.

Uma das nossas fotos mais lucrativas: vendeu 36 vezes e nos rendeu 12,26 dólares no Shutterstock.

Como funciona? Quanto pagam?

Há diversos sites onde você pode anunciar suas fotos para a venda. São os chamados “stocks”, e cada um tem suas próprias características em relação à comissão paga e aos critérios de aceitação e venda.

O valor que você ganha por uma foto também depende da licença usada pelo comprador e do tamanho da foto comprada. Não sabemos detalhes de como isso funciona (nunca estivemos no lado do “comprador”), mas já recebemos valores bem diferentes pelas vendas. Geralmente ganhamos algo entre 25 e 30 centavos de dólar, mas também já ganhamos mais de 10 dólares em uma só venda.

Outra coisa interessante é que, ao publicar uma foto, ela ficará lá disponível para sempre (ou, pelo menos, pelo tempo que você desejar). O fato de já ter vendido ela uma vez não impede que sigam comprando (as nossas fotos mais populares já foram vendidas mais de 30 vezes).

O pagamento você recebe depois de atingir um valor mínimo para transferência (também varia de acordo com a agência, geralmente algo entre 25 e 100 dólares). Espere perder entre 10 e 20% com impostos e taxas de câmbio.

Como receber o dinheiro?

As agências possuem diversos métodos de pagamento, sendo o mais comum o PayPal (www.paypal.com). Basta criar uma conta lá gratuitamente e informar seu e-mail para a agência de fotografias.

Uma vez transferido o dinheiro para o PayPal, você pode deixá-lo lá para pagar serviços que aceitam este método de pagamento ou transferi-lo para sua conta bancária no Brasil. O valor (em dólares) será convertido para reais a uma taxa um pouco menor do que a oficial (por exemplo, quando o dólar estava a R$ 3,14, nos transferiram a R$ 3).

Cerro Colorado, Peru
Nossa foto mais vendida: rendeu 39 vendas e 11,38 dólares.

Direitos de imagem e uso editorial

Se a sua foto tiver pessoas reconhecíveis ou propriedades privadas, é preciso enviar uma autorização dessas pessoas e do dono da propriedade, ou enviar a foto para “uso editorial”. Uma foto com “uso editorial” possui bem menos aplicações, mas pode ser a única solução em lugares onde é impossível conseguir a autorização das pessoas.

Se a foto tiver uma pessoa irreconhecível (e o critério depende do revisor da foto), ela poderá ser vendida para uso comercial.

Tá, mas quando dá pra ganhar com isso?

Isso depende da qualidade das suas fotos, do estilo e das agências com que você trabalha. Abaixo descrevemos quanto já ganhamos em cada uma.

No nosso caso, nossas fotos são todas de viagens. Não somos fotógrafos profissionais e nossa câmera é uma Nikon 5200 com a lente original (18-55mm).

As agências

É a agencia mais popular, a que mais vende, a mais exigente e a que paga menos comissão. Começar por ela pode ser bem frustrante: aquelas fotos que você adora podem ser recusadas simplesmente porque não estão “boas o suficiente”. No começo, de cada 10 fotos que enviamos, 8 eram recusadas. Com o tempo fomos pegando o jeito da agência, e agora já temos quase 800 fotos disponíveis lá.

Começamos no início de 2016, e fomos aumentando o portfólio ao longo da viagem. Podemos dizer que, na média, ganhamos pouco menos de 1 dólar por semana por cada 100 fotos disponíveis por lá. Hoje temos 792 fotos, e estamos ganhando algo entre 20 e 30 dólares por mês. No total, já ganhamos 140 dólares.

Evolução dos nossos ganhos vendendo fotos no ShutterStock
Evolução dos nossos ganhos vendendo fotos no ShutterStock

Para participar do Shutterstock, faça seu cadastro em submit.shutterstock.com

Se quiser ver nosso portfólio, entre aqui:

https://www.shutterstock.com/g/mundosemfim?rid=3250199&utm_medium=email&utm_source=ctrbreferral-link

O antigo IStockPhoto era considerado o segundo maior site para venda de fotos, atrás somente do Shutterstock. Eles são bem menos exigentes, porém a interface de venda deles era horrível e o tempo para revisarem cada foto era muito grande. Por isso, acabamos desistindo.

Atualmente eles se juntaram com o GettyImages e a interface de envio está bem melhor. Enviamos mais algumas fotos para eles, mas o site ainda está meio bagunçado, e não te mostra muitas estatísticas. Estamos ganhando uma média de 3 dólares por mês com eles, mas não sabemos com quais fotos. Esperamos que o site melhore logo para podermos investir mais por aqui.

Se quiser tentar a sorte neste, faça o cadastro em esp.gettyimages.com.

O nosso portfólio no GettyImages é:

http://www.istockphoto.com/portfolio/mundosemfim

O Dreamstime vende menos que os demais, mas é de longe o que paga a melhor comissão e o que possui a melhor interface. Por ele é possível tirar estatísticas interessantes, como o número de visualizações de cada foto e as palavras-chaves mais usadas. Além disso, quanto mais você vende uma foto, mais você receberá por ela. Não são tão exigentes, o que o torna um bom local para começar.

Eles também possuem alguns desafios legais, onde você pode subir o ranking das suas fotos ou vender os direitos por uma quantia razoável.

No Dreamstime é possível ganhar uma graninha a mais convidando amigos para participarem do site.

Subimos quase 700 fotos para lá em fevereiro de 2017. Já ganhamos 22 dólares com eles, sendo que 13 dólares vieram com uma só venda. Nos pareceu bem promissor.

Ruínas de Caral, Peru
Nossa foto mais lucrativa: 13 dólares em apenas uma venda, pelo Dreamstime.

Se quiser participar, o site é:

https://www.dreamstime.com/register

No registro, use nosso código promocional: res17914807

Nossas fotos disponíveis lá são:

https://www.dreamstime.com/Renanguerra_portfolio_pg1#res17914807

Outro bastante popular, embora nunca conseguimos fazer nenhuma venda aqui.

Possuem uma metodologia de revisão das fotos um pouco diferente dos demais: você envia um lote de fotos, e eles revisam algumas por amostragem. Se alguma delas for recusada, todas as fotos daquele lote serão. É um pouco chato, mas o lado bom é que você já sabe se a foto será ou não aceita antes de perder tempo escrevendo os detalhes de cada uma.

Subimos as nossas 70 fotos mais populares para lá no começo deste ano, mas como nunca compraram nenhuma acabamos desistindo do site.

Se quiser tentar a sorte, faça seu cadastro em:

https://www.alamy.com/

Trilha para o Fitz Roy, Argentina
Outra foto com bastante venda: 13 downloads, 4,88 dólares de lucro.

É isso pessoal! Também vendem fotos pela internet? Contem aí como está a experiência de vocês!

E, para mais dicas bacanas e acompanhar nossa viagem pelo mundo, curtam nossa página no face:
www.facebook.com/mundosemfimoficial

22 comentários sobre “Como ganhar dinheiro vendendo fotos na Internet? Veja nossa experiência!

    1. Olá Samantha!
      Pra se cadastrar é normal, igual se cadastrar em qualquer site. Aí o critério de aprovação depende da agência, mas nada demais (só a shutterstock que é mais chatinha).
      Sobre o que escrever, o esquema é ver fotos de ouras pessoas que sejam semelhantes a que você vai postar para ter uma ideia das palavras chaves.

    1. Olá Roberto! Obrigado!
      Pode subir pra todos sim, não tem problemas. Alguns sites pagam a comissão um pouco maior se você for colaborador exclusivo. No Dreamstime, o controle de exclusividade é feito por foto (na hora que sobe a foto você marca se ela é exclusiva ou não). Aí as fotos que foram recusadas nos outros e aceitas nele nós marcamos como exclusiva.
      As outras deixamos anunciadas em todos mesmo!

  1. Oi Renan, adorei o artigo, parabéns!
    Uma dúvida: você sobe as fotos sem edição? Se sim, é uma opção sua ou é obrigatório?
    Obrigada, beijos 🙂

    P.S.: Sou brasileira e moro em Portugal atualmente mas com muita vontade de cair na estrada, quem sabe a gente não se esbarra por ai 😀

    1. Olá Isis!! Muito obrigado! 🙂
      Nós subimos sem edição sim, mas é porque não temos condições de usar um software bom de edição (viajamos com um netbook bem lerdo). Mas edições são permitidas sim, desde retoques leves até montagens 🙂

      Sucesso no seu projeto de cair na estrada! Um dia a oportunidade aparece sim! Nos vemos por aí!! 😀

  2. Olá Boa tarde, tentei vários e-mails registrados no site submit.shutterstock.com e nunca consegui receber e-mail de activação para poder começar a postar fotos. Não percebo… Poderá dizer se isto é normal? Está a acontecer com outros? Obrigado. Abraço.

    1. Olá Luis!
      Não me lembro como era o processo de registro, mas será que o e-mail não está caindo na caixa de spam? Não tem a opção de enviarem outro e-mail?
      No meu caso uso um e-mail do gmail, chega sem problemas.
      Abraços!

  3. Ótimo artigo! Além de fotos de viagens essas agências compram fotos e ilustrações tipo texturas e fundos. Alguns exemplos: pedrinhas do chão, céu azul, uma parede de tijolos, folhagens, madeira, etc….. Tudo que você possa imaginar e que forma alguma textura tem potencial de venda. Além de uma infinidade de outros temas.

    1. Valeu Sandro!
      É verdade, e vídeos também compram, e dizem que compram bem. Nunca tentamos vender essas coisas, mas para quem manja de edição pode ser uma boa!

  4. Olá,

    Por acaso vcs se lembram se no site SHUTTERSTOCK pedem foto do passaporte ou carteira de habilitação pra fazer o cadastro? Não completei meu cadastro lá por receio de colocar foto de documentos pessoais.

    1. Olá Milena!
      Não me lembro, mas acho que precisa sim, para comprovar a nacionalidade. Posta a foto do RG qualquer coisa que não dá nada não 🙂

  5. To frustrada nesse shutterstock ): Não consigo fazer upload das fotos, aparece a opção de criar uma coleção ou design e após criar nada de aparecer a opção. Não realizei a assinatura mensal imaginando que seria só pras pessoas que tem interesse em baixar alguma foto do site e não pra upload.. É necessário assinatura mesmo?

    1. Olá Milena!
      Não precisa fazer a assinatura não, ela é só para quem quer comprar fotos mesmo.
      Não sei se a sua tela aparece igual a nossa, mas no nosso caso, para subir uma foto, tem que entrar na opção “carregar” que aparece lá em cima.

      A nossa tela fica assim:

      https://i2.wp.com/mundosemfim.com/wp-content/uploads/2017/06/shutterstock.png

      Vê se pra você aparece as mesmas opções.
      Aí entrando nessa opção é só subir as fotos, e depois editá-las.

    1. Nem fale… esse ano parece que está ainda pior. O shutterstock (o único onde tínhamos uma venda considerável) caiu consideravelmente o desempenho. Nos outros não vendemos praticamente mais nada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *