Como funciona o visto para a Mongólia

Quer visitar a Mongólia? Saiba como funciona a entrada no país.

A Mongólia é um dos países mais interessantes que já visitamos. Com um território extenso, uma população minúscula e um povo hospitaleiro, este é o paraíso para aqueles que curtem um pouco de aventura.

A boa notícia é que brasileiros não precisam de visto para visitar a Mongólia. Basta chegar no país com seu passaporte em mãos e pronto.

Cidadãos portugueses precisam tirar o visto com antecedência. Como em Portugal não existe embaixada da Mongólia, uma opção é tirar o visto na França (aparentemente o procedimento pode ser feito por correio). Outra opção é tirar em algum país vizinho. O consulado mongol de Moscou tem fama de ser bem rápido e eficiente.

Prazo de permanência

Brasileiros podem ficar por até 90 dias na Mongólia como turistas. Porém, se você pretende ficar mais do que 30 dias, é preciso fazer um registro na Agência de Imigração durante os primeiros 7 dias úteis.

Agência de Imigração da Mongólia
Prédio da agência de Imigração da Mongólia

Se for ficar menos do que 30 dias não precisa fazer nada.

Registrando-se na Agência de Imigração

O registro é rápido e barato, e pode ser feito na Agência de Imigração que fica próxima do aeroporto de Ulan Bator.

A localização, vista no Google Maps, é esta:

https://www.google.com/maps/place/Mongolian+Immigration/@47.8532873,106.7779033,16z/data=!4m5!3m4!1s0x0:0x222df7f00743d43d!8m2!3d47.8534956!4d106.7824906

Para ir do centro até lá, basta pegar o ônibus número 9. A passagem custa apenas 500 MNT (menos de 1 real), e o ponto mais próximo do centro que o ônibus passa é este:

Local onde se pega o ônibus que leva para a Agência de Imigração da Mongólia
Local onde se pega o ônibus que leva para a Agência de Imigração

É preciso fazer o registro durante os primeiros 7 dias úteis que você está no país. Para isso, basta ir lá com os seguintes documentos:

  • Passaporte

  • Foto 3×4

Também é preciso ter uma cópia do passaporte e do carimbo da Mongólia, mas eles mesmo tiraram essa cópia na hora para nós, sem cobrar nada.

Lemos alguns relatos de que o procedimento pode ser demorado por conta das filas, mas no nosso caso foi bem rápido. Não demoramos nem 30 minutos para fazer tudo.

Primeiro passe no guichê de informações, onde te darão uma ficha para preencher. Leve o endereço e o telefone do hotel onde você está hospedado, pois perguntam isso na ficha.

Uma vez preenchido, vá em outro guichê (eles indicam) para dar entrada com o procedimento. O atendente mandará você ir ao caixa do banco (que fica lá mesmo) pagar uma taxa de 1000 MNT (algo como R$ 1,50). Depois que pagar a taxa, é só voltar no mesmo guichê, entregar o comprovante e pegar um carimbo novo no passaporte. Com este novo carimbo você estará livre para permanecer por até 90 dias na Mongólia.

Registro Mongólia
Carimbo confirmando o registro, o que dá direito a permanecer 90 dias no país

Tudo foi bem tranquilo. Não é preciso levar comprovante de nada, nem passagem de saída e nem responder a nenhuma pergunta.

Não esqueça de fazer este procedimento caso vá ficar mais do que 30 dias, senão terá que pagar uma multa de 100 dólares quando for sair do país.

É isso, pessoal!

Para mais dicas bacanas, não deixem de nos acompanhar em nossas redes sociais:

Dicas para a sua viagem:
  • Não perca tempo! Garanta a reserva do seu hotel pelos melhores preços no Booking.com
  • Prefere alugar uma casa? Então pegue aqui seu desconto de R$130 para a primeira hospedagem no AirBnb
  • Quer ganhar um extra com suas fotos de viagem? Aprenda a vendê-las por aqui.
  • Viaje sem sair de casa com os nossos livros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *