2 anos na estrada – resumo dos nossos gastos e experiências!

No final de setembro de 2017 completamos nosso segundo aniversário na estrada. Aqui compartilhamos com vocês um resumo de tudo o que passamos!

733 dias – este é o total de tempo que estamos na estrada, até a escrita deste post. Oficialmente, começamos a contar nossa viagem no dia 29 de setembro de 2015, quando colocamos os pés fora do Brasil. Porém, para facilitar as contas, preferimos esperar fechar o mês de setembro de 2017 para publicar nossos gastos.

De carona por aí

Nestes anos de estrada, a pergunta que mais escutamos foi: “Vale a pena?”.

Isso depende. Para nós, cada dia está valendo muito. Mas, para muitos, o que fizemos é uma loucura. Vamos contar os prós e os contras para que vocês mesmos possam tirar suas conclusões.

Antes de sairmos, tínhamos uma vida bastante estável em São Paulo. Ainda não morávamos juntos (a Michele morava com a mãe e eu com um amigo). Também não éramos ricos, mas tínhamos bons empregos e estávamos alavancando nossas carreiras profissionais. Todos aqueles anos de estudo, faculdades, especializações, cursos, etc estavam começando a dar seus frutos. Eu acabara de ser promovido (e, diga-se se passagem, foi uma excelente promoção), e a Michele ia bem por seu lado. Não sei onde estaríamos hoje se tivéssemos ficado por lá, mas provavelmente teríamos uma vida bastante promissora. Talvez já tivéssemos até investido em uma casa própria e andando pra lá e pra cá em um carro importado. Quem sabe.

Mas, sem mais nem menos, resolvemos abrir mão de tudo isso. Não sei como estaríamos no mercado de trabalho se voltássemos agora para casa, mas com certeza teríamos que dar muitos passos para trás. Afinal, 2 anos fora do mercado é muita coisa. Para começar uma vida nova, teríamos que investir uma boa grana – afinal, hoje em dia não temos mais nada além do que está em nossas mochilas. Até mesmo um colchão novo precisaríamos comprar.

Acampando com amigos que fizemos na Argentina

Financeiramente, estamos com 60 mil reais a menos do que estávamos quando saímos. Este foi o investimento que fizemos para viajar até agora.

Parece muito? Realmente é. Conhecemos gente que tem o dom para o investimento, e possivelmente já teria transformado esses 60 mil em 1 milhão nesse tempo.

Por outro lado, se tivéssemos ficado em casa, em que pé estaríamos agora? Talvez morando em um bom apartamento, com uma TV enorme e um carro bacana na garagem. E então? Viriam os filhos? E depois? Educá-los até ficarmos velhos, e então pegar todo o dinheiro que guardamos a vida toda para pagar remédios e uma ou outra viagem de férias?

Não sei se tomamos a decisão correta, mas estamos felizes com o que conseguimos. Nesses dois anos, vivemos mais experiências do que viveríamos a vida toda em São Paulo. Enquanto estávamos lá, juntávamos nosso dinheiro para gastar em 1 mês de férias por ano. Já foram 24 meses, assim que já adiantamos 24 anos de férias.

No Monte Fitz Roy

Claro que nossas férias eram diferentes. Pegávamos avião, ônibus confortáveis, táxis, comíamos em bons restaurantes e tudo mais. Hoje, caminhamos quilômetros com a mochila nas costas, pegamos carona, viajamos nos ônibus mais baratos e cozinhamos quase sempre a nossa comida. Não é uma viagem de férias, mas isso nos trouxe experiências que não teríamos de outra forma. Conhecemos pessoas incríveis enquanto levantávamos o polegar na estrada, visitamos as regiões mais pobres do continente, passamos em cidades que nem estão no google maps, e fizemos amizades verdadeiras.

Não sabemos como ou quando vai ser nossa volta para o Brasil. Preferimos nem pensar nisso. Por enquanto, vamos aproveitando ao máximo essa oportunidade que a vida nos proporcionou. Afinal, como dizem por aí: “se o presente for eterno, o futuro não importa”.

E que venham muitos anos de estrada pela frente!

Mergulhando com estrelas-do-mar em San Blas
Mergulhando com estrelas-do-mar em San Blas

Gastos

Chega de enrolação. Aqui vão nossos gastos detalhados até agora:

  • Total gastado: R$ 60.750,93

  • Média diária: R$ 82,88

  • Hospedagem: R$ 16.067,11

  • Mercado: R$ 15.365,45

  • Transporte: R$ 10.292,40

  • Passeios: R$ 7001,44

  • Restaurantes: R$ 5761,80

  • Outros: R$ 2947,74

  • Vistos/trâmites imigratórios: R$ 383,08

  • Reposição de equipamentos: R$ 2924,87

*(Todos os gastos são para as duas pessoas. Para saber os gastos individuais, divida os valores por 2)

**(Esses gastos já incluem IOF, taxas de câmbio e tudo mais).

Gastos 2 anos de viagem
Distribuição dos nossos gastos

Média

Nossa média diária, por categoria, ficou:

  • Hospedagem: R$ 21,92

  • Mercado: R$ 20,96

  • Transporte: R$ 14,04

  • Passeios: R$ 9,55

  • Restaurantes: R$ 7,86

  • Outros: R$ 4,02

Poderíamos ter gastado menos? Sem dúvidas que sim. Também poderíamos ter gastado mais. Cada um tem seu estilo de viagem, e este foi ao que nos adaptamos.

O que ganhamos até agora?

Estas foram nossas conquistas nestes 2 anos:

Capa do livro "A Viagem do Mucuvinha - Rumo ao Fim do Mundo"
Nosso primeiro livro!

Com o blog e com a venda de fotos, estamos conseguindo lucrar uma média de 2 dólares por dia.

Nosso livro acabou de ser lançado, e ainda não deu um resultado significativo.

Com a página do face conseguimos muitos passeios e hospedagens gratuitas em troca de divulgar o local.

Nossos ganhos detalhados, até agora, foram:

Nossos ganhos, principalmente com o blog e com a venda de fotos, tem aumentado consideravelmente nestes últimos dias. Temos esperanças de, em mais alguns meses, conseguir viajar basicamente com este dinheiro.

Rio Secreto, México
Nas cavernas do Rio Secreto, México

E o que já vimos?

Até agora já visitamos 15 países e andamos 31.000 km (tudo por terra e mar; não pegamos nenhum voo ainda).

Os países que já visitamos foram:

Nosso roteiro foi o seguinte:

Roteiro 2 anos de viagem
Nosso roteiro até agora

Alguns lugares e experiências que passamos

Território rebelde zapatista. “Aqui manda o povo e o governo obedece”

Essas são apenas algumas de muitas. E que venham muitas outras pela frente!

Quem quiser saber nossos gastos mais detalhados, aqui deixamos nossa planilha para download:

Planilha de Gastos 2017

Planilha de Gastos 2016

É isso, pessoal! Se quiser acompanhar de perto nossa viagem, curta nossa página no face:
www.facebook.com/mundosemfimoficial

8 comentários sobre “2 anos na estrada – resumo dos nossos gastos e experiências!

  1. Renan, fico impressionado com a dedicação que vc tem com seu blog e ainda o respeito que vc tem com nós q escrevemos pra vc, muito obrigado pela atenção e sigam com a proteção divina

  2. Maravilhada ao ler o relato de vocês! Quanta inspiração!!!
    E pensar que fizeram tudo isto, por todo este tempo com pouco + de R$ 60M… Tudo bem, conseguiram gratuidades, mas ainda assim, serão lição para muitos!

    1. Pois é, nós tínhamos essa meta de viajar com cerca de 70 reais por dia, nas não achávamos que seria possível cumprir. No final que conseguimos ficar bem perto!
      Tomara que siga assim!! 🙂

  3. Acompanho vcs desde inicio 2016( J.Ricardo 56 anos o velho aventureiro ha +/-35 anos p/ahi) e que vcs sigam em frente cfe vsa livre vontade soberana enqto ela estiver ativa.Todo de + positivo casal.Eh claro que vale a pena.Sempre!Abracos!

    1. Olá Jose!
      Muito obrigado por estar nos acompanhando há tanto tempo!
      Agora já estamos planejando nosso roteiro pela Ásia, vai ser nosso próximo destino!

      Abraços e boas viagens pra vc!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *