10 filmes para quem é apaixonado pela América Latina

Esta região da América é marcada por várias dificuldades e muita pobreza. Por outro lado, possui paisagens lindas, uma cultura incrível e um povo maravilhoso que a torna uma das regiões mais felizes do planeta. Se você, assim como nós, ama a América Latina, não pode deixar de assistir estes filmes!

Optamos por deixar de fora os filmes brasileiros porque, apesar de termos títulos muito interessantes, nossa intenção é apresentar um pouco da cultura dos nossos vizinhos.

A lista não está em ordem de preferência, pois seria um trabalho impossível decidir qual filme é melhor!

1. O banheiro do Papa (Uruguai)

O banheiro do Papa
O banheiro do Papa

Este filme, baseado em uma história real, se passa em uma pequena e humilde cidade uruguaia que espera pela visita do Papa João Paulo II. O personagem principal decide montar em sua casa um banheiro público para tentar ganhar algum dinheiro com os turistas.

O filme, apesar do título cômico, é um drama que retrata uma história real as dificuldades de um povo muito pobre que acabou sendo amaldiçoado pela “benção” do Papa.

2. Machuca (Chile)

Machuca
Machuca

Excelente filme chileno que mostra, através dos olhos de duas crianças, a série de protestos contra o governo até estourar o golpe militar que colocou Pinochet no poder.

Pedro Machuca é um garoto pobre que passa a estudar em uma escola particular graças a um plano de integração do governo esquerdista da época. Nessa escola, ele faz amizade com Gonzalo, um estudante de família rica. Juntos eles vivem o ambiente conturbado do Chile e as brigas entre a esquerda socialista e a direita nacionalista, que termina com a queda do presidente e a instauração da ditadura militar.

O filme, além de ser muito interessante por explicar parte da história chilena, ainda acontece em um cenário muito parecido com o do Brasil atual. Espero que não tenhamos o mesmo desfecho por aqui…

3. O Segredo dos Seus Olhos (Argentina)

El Secreto de Tus Ojos
El Secreto de Tus Ojos

Drama policial argentino, ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro de 2010. O filme conta a história de um ex-servidor da justiça penal argentina que foi obrigado a fugir de Buenos Aires depois de falhar em conseguir prender o assassino de uma jovem. Anos depois, já aposentado, ele volta à capital com a intenção de descobrir qual foi o desfecho desta história, a fim de escrever um livro.

A história, o desfecho surpreendente e a excelente atuação do ator Ricardo Darín fizeram deste filme o merecedor do prêmio máximo do cinema.

4. Guantanamera (Cuba)

Guantanamera
Guantanamera

Comédia cubana que mostra os perrengues passados por Afonso ao tentar transportar até Havana o corpo de um familiar que faleceu na cidade de Guantánamo, localizada no outro extremo da ilha. Para piorar a situação, a história se passa durante uma crise de combustível que assolou o país.

Sempre com bom humor, o filme retrata bem o dia-a-dia e as dificuldades enfrentadas pelos cubanos.

5. 7 Caixas (Paraguai)

7 Cajas
7 Cajas

Este intrigante suspense policial paraguaio conta a história de Victor, um humilde garoto carreteiro que recebe uma boa grana para “desaparecer” com 7 caixas de um açougue durante a vistoria da polícia àquele estabelecimento. Com este dinheiro, ele sonha em realizar seu sonho de comprar um celular com câmera. O que ele não sabe é que, com este serviço aparentemente simples, ele acabará se envolvendo em uma história marcada por sequestros e assassinatos.

Com um suspense tenso do começo ao fim, “7 Caixas” mostra que o Paraguai é capaz de produzir filmes de excelente qualidade.

6. A Ditadura Perfeita (México)

La Dictadura Perfecta
La Dictadura Perfecta

Depois de ter a popularidade arrasada por se envolver em um escândalo de corrupção, o governador Carmelo Vargas procura a Mexico TV (que seria uma referência à Televisa, a “Globo” mexicana) para ajudar a melhorar sua imagem.

Esta comédia é uma crítica à mídia manipuladora mexicana (será que isso acontece no Brasil?), e mostra como a elite pode manipular a democracia a seu favor.

7. El Libertador (Venezuela)

El Libertador
El Libertador

Filme venezuelano que conta a história de Simón Bolívar, um militar que é considerado herói e libertador na América Latina por ter liderado a independência de vários países (Colômbia, Venezuela, Bolívia, Peru, Equador e Panamá) e por ter lutado pelo direito dos índios durante seu curto período de vida.

Por não contar com recursos abundantes, não espere cenas de guerra hollywoodianas. Ainda assim, é um filme obrigatório para se entender melhor a história deste personagem tão importante para o continente.

8. Diários de Motocicleta (Vários países da América do Sul)

Diarios de Motocicleta
Diarios de Motocicleta

Este filme mostra a história do jovem Ernesto Che Guevara e de seu amigo Alberto Granado em uma viagem pela América do Sul. Por não ser um filme político, pode ser apreciado por todos, independente da opinião que tenham sobre o “Che”.

O filme retrata bem as dificuldades e as injustiças enfrentadas pelas comunidades mais pobres do continente, e é um clássico para aqueles que adoram viajar.

9. Também a Chuva (ou Conflito das Águas) – (Bolívia)

Capa do filme Até a Chuva
Capa do filme Até a Chuva

Este é, basicamente, 2 filmes em 1. Quando um diretor de cinema vai à Bolívia para produzir um filme sobre Cristovão Colombo, ele se depara com a Guerra da Água, um conflito real que aconteceu na cidade de Cochabamba, no ano de 2000. O conflito aconteceu contra a privatização do sistema de água da cidade à uma multinacional americana. A situação foi tão extrema que até mesmo para beber água da chuva era preciso pagar tributos à empresa.

O filme mostra os extremos do capitalismo e como uma população pode ser privada de seu bem mais básico: a água.

10. Juan dos Mortos (Cuba)

Juan de los Muertos
Juan de los Muertos

Outra comédia cubana, conta a história da ilha sendo infestada por uma epidemia de zumbis. Apesar de ser uma comédia de relativamente baixo orçamento, possui efeitos especiais bem convincentes.

Juan é um típico preguiçoso que vê nesta epidemia uma oportunidade de ganhar dinheiro matando zumbis sob encomenda. Apesar da história parecer besta, o filme consegue fazer uma boa crítica tanto ao embargo imposto pelos EUA quanto ao regime comunista cubano, que tenta encarar a epidemia como mais uma “ameaça imperialista”. Para os cubanos, o ataque zumbi nada mais é do que mais uma crise do sistema cubano.

E aí, o que acharam? Conhecem outros filmes bons para sugerir? Comentem aí! 😀

Não esqueçam de curtir nossa página no Facebook para acompanhar nossa viagem de volta ao mundo!

https://www.facebook.com/mundosemfimoficial

Um comentário sobre “10 filmes para quem é apaixonado pela América Latina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *